Quinta, 18 de Janeiro de 2018

urnas eletrônicas

Cerca de 350 mil eleitores ainda
não fizeram cadastro biométrico

Campo Grande é a única cidade do Estado em que a biometria é obrigatória

13 JAN 2018Por DA REDAÇÃO06h:00

Cerca de 350 mil eleitores ainda não fizeram o cadastro biométrico em Campo Grande. Esses cidadãos têm até o dia 18 de março para comparecer em um local de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul ou terão seus títulos cancelados. O procedimento é obrigatório na Capital.

Para fazer o processo é necessário portar um documento oficial com foto (original e uma cópia) e um comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos que vão tirar o título pela primeira vez também devem apresentar o comprovante de quitação do serviço militar, com cópia.

O cadastramento agendado foi suspenso e só está sendo feito por ordem de chegada. “Não temos mais como atender agendado em razão da grande procura que estamos tendo. No Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho, as filas são mais intensas, mas o número de guichês é maior”, explica a chefe de cartório da 36ª Zona Eleitoral, Edilva Aparecida Bruno Escobar.

O número de guichês deve aumentar na próxima semana para dar mais agilidade no atendimento. “Até o momento, 44,87% dos eleitores já fizeram a revisão. A meta é atingir 100%, o que representa 577 mil pessoas”. O trabalho serve para atualizar os dados do eleitor e cadastrar a biometria que será utilizada a partir das eleições deste ano.

*Leia reportagem, de Gabriela Couto, na edição de sábado/domingo do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também