Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES 2020

Cartório Eleitoral passa a atender em horário especial

O prazo final para se regularizar é no dia 27 de março
10/02/2020 18:19 - Yarima Mecchi


 

O Cartório Eleitoral de Dourados (18ª ZE) está atendendo em horário especial, das 7h30 às 16h, para realizar o cadastramento biométrico dos eleitores, conforme informado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Mato Grosso do Sul (TRE-MS).

A orientação do Tribunal é que os eleitores da cidade que ainda não compareceram ao Cartório Eleitoral, que realizem o cadastramento biométrico o quanto antes, a fim de evitar filas e eventuais transtornos. Os eleitores que não realizarem o procedimento terão o título cancelado.

Sem o título eleitoral, além de não poder votar nas eleições de outubro, o cidadão fica impossibilitado de tirar passaporte, obter empréstimos em bancos estatais, tomar posse em cargo ou função pública, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo Governo e, caso seja servidor público, corre o risco de não receber salário, dentre outras restrições.

Conforme dados do TRE, a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul possui 155.278 eleitores, dos quais 63,43% já estão com seus títulos regularizados. Para ser atendido, o eleitor deverá apresentar documento oficial de identificação com foto, comprovante de residência atual e o título de eleitor (se o tiver). O prazo final para se regularizar é no dia 27 de março.

O Cartório Eleitoral fica na Rua Montese, 435, Jardim Londrina. Os telefones para contato são (67)3422-1656 e (67)3422-1983.

Brasil

No país são 1.725 os municípios que fazem parte da etapa 2019/2020 do Programa de Identificação Biométrica do Eleitor. A Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral (CGE) publicou nesta segunda-feira (10), no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a relação completa das cidades. Nesta etapa, serão chamados a participar da biometria os eleitores de 17 estados brasileiros: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rondônia.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.