Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Reinaldo Azambuja

Candidatura de Azambuja depende
dos efeitos das medidas econômicas

Por isto o governador deixou para depois do carnaval a decisão de concorrer à reeleição

16 OUT 2017Por Adilson Trindade04h:00

A pré-candidatura à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está atrelada ao resultado positivo das medidas adotadas para recuperação da economia e de desenvolvimento do Estado. Esta é a condição imposta por ele mesmo para executar o plano eleitoral de 2018. Mas isto não o impede de conversar sobre política com lideranças de partidos aliados e da oposição.

“Acho que o fator determinante para uma pessoa ir à reeleição é como está o governo”, justificou Azambuja ao deixar para depois do carnaval de 2018 a decisão de concorrer a mais um mandato de governador. Este tempo, acredita ele, dará para surtir os efeitos das medidas, algumas delas drásticas, para enfrentar os desafios da crise financeira do País.

Alguns questionamentos feitos por Azambuja precisam de resposta até o carnaval. É o que ele diz. “O governo está conseguindo atender as demandas da sociedade? Está conseguindo dar respostas na maior crise financeira que enfrentamos?”, indagou o governador. Ele depende, diante do cenário político do momento, de resultado positivo para implementar o projeto de político de reeleição.

Reportagem completa na edição de hoje do Correio do Estado.

Leia Também