Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FAKE NEWS

Câmara Municipal rebate boato de aumento de vereadores

Diretor disse que ainda não há projeto para ampliar vagas

1 OUT 19 - 15h:12ADRIEL MATTOS

Um boato dominou os comentários dos moradores de Três Lagoas, cidade no leste de Mato Grosso do Sul, na segunda-feira (30/09). Publicações em redes sociais e até um carro de som circulou anunciando que a Câmara Municipal votaria o aumento do número de vereadores na sessão desta terça-feira (1°/10).

Logo na abertura da sessão, o diretor-geral da casa, André Bacalá, rebateu a informação de que o número de cadeiras, atualmente em 17, aumentaria. Para isso, seriam necessários estudos para apontar previsão orçamentária e o impacto financeiro para os próximos cinco anos. E mesmo que algum dia ocorra o aumento das vagas, isso não alteraria o valor do duodécimo, verba pública repassada pela prefeitura que custeia o funcionamento da Câmara.

A casa registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil contra o boato, segundo o site Hojemais. Segundo o presidente da Câmara, André Bittencourt (PSDB), que uma audiência pública deve ser convocada quando começarem as discussões para aumentar as vagas.

No início de setembro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou as estimativas de população em 2019. Três Lagoas tem 121,3 mil habitantes, o que permitiria a Câmara a ter 19 parlamentares, conforme a Constituição Federal.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Carlos Bolsonaro e Major Olimpio trocam insultos nas redes sociais

Relatório sobre previdência dos militares pode ser votado na terça
BRASIL

Relatório sobre previdência dos militares pode ser votado na terça

BRASÍLIA

PEC torna obrigatório voto impresso em eleições no Brasil

Senado entra em semana decisiva para reforma da Previdência
BRASIL

Senado entra em semana decisiva para reforma da Previdência

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião