Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESCÂNDALO

Azambuja pede a condenação dos<br> donos da JBS e nulidade de delação

Governador requereu ainda ao STF retirada do processo de Fachin
07/06/2017 07:00 - DA REDAÇÃO


 

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a punição dos donos da JBS, irmãos Joesley e Wesley Batista, por serem líderes de organização criminosa e, consequentemente, a nulidade da delação envolvendo o seu nome no escândalo de pagamento de propinas em troca de incentivos fiscais. O caso está nas mãos do ministro Celso de Mello.

Além disso, o governador requereu o desmembramento da delação da JBS  no âmbito da Operação Lava Jato. Com isto, ele quer tirar o caso do gabinete do ministro Edson Fachin. O pedido foi remetido para análise dos 11 ministros da Corte.

Para a defesa, o governador sofreu ato abusivo de autoridade e o caso precisa ser revisto pelo STF. A expectativa é que o pedido de liminar seja avaliado em até sete dias pelo ministro Celso de Mello.

O magistrado ainda pode entender que o acordo é irregular e anular a delação. Ele ainda pode estender a decisão a todos os envolvidos no processo ou restringir os efeitos apenas para Azambuja.

Fachin já remeteu o pedido para a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, mas não há data para a decisão. 

*Leia reportagem, de Gabriela Couto, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...