Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DISPUTA INTERNA

Alckmin atuou em acerto de Aécio para<br> Tasso seguir à frente do PSDB

Alckmin atuou em acerto de Aécio para<br> Tasso seguir à frente do PSDB
03/08/2017 21:03 - FOLHAPRESS


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, participou à distância da conversa em que o senador Aécio Neves (MG) acertou a permanência do senador Tasso Jereissati (CE) na presidência interina do PSDB.

Tasso e Aécio se reuniram na manhã desta quinta-feira (3) em Brasília e Alckmin conversou por telefone de São Paulo com os dois durante o encontro. Ao final, eles anunciaram que Aécio permanece licenciado.

O governador paulista procurou acalmar os ânimos de Tasso, irritado com as articulações de Aécio.

A solução beneficiou Tasso, que saiu fragilizado da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara, na quarta-feira (2), em que 22 deputados votaram pelo arquivamento. Ele e o líder da bancada, Ricardo Tripoli (SP), são críticos à permanência do PSDB no governo.

Aécio, por sua vez, em meio à pressão para que renuncie imediatamente ao cargo, conseguiu ganhar tempo, ao anunciar que o partido definirá a nova Executiva até o final do ano. Por fim, ao falarem em prévias para a escolha do presidenciável tucano, Tasso e Aécio endossam um pleito de Alckmin.

Aécio se afastou da presidência do PSDB em maio, quando foi revelada conversa em que pede R$ 2 milhões a Joesley Batista, da JBS.

Felpuda


Vereador de Campo Grande fez pronunciamento com forte teor preconceituoso que obviamente não agradou, principalmente as mulheres. A repercussão negativa foi grande e ele teve de ler cobras e lagartos em seu perfil nas redes sociais. Assim, correu para publicar nota de esclarecimento tentando colocar panos quentes e se comprometendo a, já na próxima sessão, solicitar a retirada de sua fala dos chamados “anais da Casa”. Também, pudera!