PREFEITURA

Adriane Lopes não será vice de Marcos Trad nas próximas eleições

Deputado Lídio Lopes disse que acordo foi apenas até o fim deste ano
07/05/2019 12:31 - IZABELA JORNADA


 

Eleições para prefeitura de 2020 já estão sendo rascunhadas e, de acordo com o esposo da vice-prefeita de Campo Grande, Lídio Lopes, Adriane Lopes não pretende continuar na carreira política. “O nosso acordo foi até o fim de 2019, 2020 já é outra coisa” declarou o deputado.

O prefeito Marcos Trad (PSD) já está trabalhando para se reeleger e as conversas estão em torno de aliança com o PSDB, porém, o presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), declarou que pretende ser vice e o nome que poderia ser indicado pelos tucanos seria o do articulador do governo, Carlos Alberto Assis.

Mas o cenário pode mudar e existem conversas de que o prefeito apoiaria o irmão Nelson Trad Filho (PSD) para governo do Estado, no lugar de algum candidato do PSDB. 

PATRIOTAS

Lidio adiantou também que o partido ainda não conversou com Marcos Trad e que a legenda pretende montar chapa proporcional e que consequentemente a majoritária viria "à reboque".

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".