POLÍTICA

Adams quer detalhar para TCU prestação de contas do governo

Adams vai detalhar prestação de contas de 2014 da presidenta Dilma Rousseff
05/08/2015 22:00 - AGENCIA BRASIL


O ministro-chefe da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, se reunirá nos próximos dias com a área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU), a fim de detalhar as explicações do governo aos questionamentos do órgão sobre a prestação de contas de 2014 da presidenta Dilma Rousseff.

Hoje (5), ele se encontrou com os ministros Aroldo Cedraz e Augusto Nardes, respectivamente presidente do tribunal e relator da matéria, para acertar os detalhes do encontro. Segundo ele, o cronograma de reuniões com as equipes técnicas ainda está sendo acertado.

Adams adiantou que a intenção é "dialogar", "ouvir as ponderações" e tirar eventuais dúvidas sobre as respostas elaboradas pelo governo. "É um diálogo técnico necessário nesse processo. Acho que ele será muito importante."

De acordo com o ministro, os argumentos encaminhados em um documento com mais de mil páginas "são muito bons".

"Evidente que é um processo complexo. Toda análise técnica admite várias leituras e interpretações. O importante é fazer um debate sério, responsável e transparente, que, em última análise, reproduza uma melhoria da realidade institucional do país. É isso que queremos construir", avaliou.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".