Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Servidores de Caps terão atendimento psicológico após enfermeiro esfaqueado

Medidas foram encaminhadas ao secretário de saúde e ao prefeito Marcos Trad

12 SET 19 - 10h:57RAFAEL RIBEIRO E BRUNA AQUINO

Cerca de oito servidores do Caps Aero Rancho vão passar por atendimento psicológico nesta quinta-feira após o incidente que ocorreu na tarde de ontem (11) na unidade de saúde. Na ocasião, um enfermeiro foi golpeado por uma faca e precisou ser encaminhado até a Santa Casa. 

Segundo o vereador Enfermeiro Fritz (PSD), da Comissão Permanente da Saúde na Câmara Municipal, medidas foram solicitadas junto ao secretário Municipal de Saúde, inclusive o atendimento a esses servidores. 

Os problemas citados pelo parlamentar é sobre a falta de efetivo da Guarda Municipal e a diminuição de equipes da saúde nas unidades de horário estendido. "Essa situação era anunciada pelo serviço que se encontra, a gente vem pontuando isso já tem mais de dois anos, cobrando providências sem efetividade do Executivo", disse. 

 O assunto foi bastante discutido após o vereador utilizar a Tribuna para tratar do assunto. 

A vereadora Cida Amaral (PROS) que também faz parte da comissão da saúde, destacou que é necessário focar na proteção dos servidores.  " Eu entendo a angustia que meu colega passou e está passando, quando alguém é violentado seja violência qual for, toda a rede é violentada. Estamos todos consternados com o que aconteceu com nosso colega", disse. 

 Para o vereador delegado Wellington (PSDB), é necessário ter um reforço na segurança. "A gente está fazendo um ofício ao secretário Valério Azambuja para solicitar a intensificação da segurança, mas será necessário fazer uma melhoria na escala de plantão dos guardas, mas o mais importante é ter uma segurança orgânica", finalizou.

O CASO

Enfermeiro do Centro de Atendimento Psicossocial (Caps) Aero Rancho foi esfaqueado por um paciente, que apresentou surto psiquiátrico e golpeou a vítima três vezes, na tarde de hoje, em Campo Grande.

Conforme informações da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o paciente faz acompanhamento no Caps e, na tarde hoje, ele teve uma reação inesperada e agrediu o funcionários com um objeto perfuro-cortante, que ainda não se sabe se é faca ou tesoura.

Ainda segundo a Sesau, no momento da agressão o atendimento estava normal e não havia demora ou filas, sendo o caso decorrente de um surto repentino.

O enfermeiro foi atingido por pelo menos três golpes que, a princípio, foram avaliados como superficiais, sendo na região do tórax e abdomên. Ele recebeu o primeito atendimento no Centro Regional de Saíde (CRS) do Aero Rancho e foi encaminhado para a Santa Casa, onde passa por exames de avaliação, que irão verificar a gravidade do quadro, que até então é estável.

Assessoria de imprensa informou que uma equipe da Sesau acompanha o servidor e está prestando toda assistência.

O paciente que entrou em surto foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANDRÉ DO RAP

Suspeito de comandar tráfico internacional do PCC é preso em Angra

Professor tem rosto desfigurado durante assalto a mão armada
ROUBO DE CARRO

Professor tem rosto desfigurado durante assalto

É preciso falar, defende secretária de cidadania sobre casos de estupro de vulnerável em MS
ABSURDO

É preciso falar, defende secretária de cidadania sobre casos de estupro de vulnerável em MS

Briga em boca de fumo termina com homem esfaqueado pela própria mulher
CAMPO GRANDE

Briga em boca de fumo termina com homem esfaqueado pela própria mulher

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião