Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Quatro são baleados após briga por banheiro em conveniência

Segurança disse ter atirado para assustar, mas feriu clientes

20 SET 19 - 10h:11RAFAEL RIBEIRO

Quatro pessoas, entre 18 e 40 anos, foram baleadas na madrugada desta sexta-feira (20), após briga generalizada em conveniência no Centro de Campo Grande. A confusão teria sido iniciada por conta do uso do banheiro do estabelecimento.

Segundo a polícia, o crime começou por volta das 3h20 e teve início após um jovem pedir para usar o banheiro da conveniência no momento em que um funcionário do local fechava as portas.

Indignado, o jovem começou a ofender o funcionário, foi embora e voltou depois junto com mais dois homens em um Gol. Foi então que começou a briga generalizada. 

O segurança do local, de 32 anos, tentou afastar os brigões usando o revólver que usava. Ele disse ter atirado três vezes, uma para o alto e duas para o chão. Cumpriu seu objetivo de afastar o trio, mas acabou ferindo outros clientes.

Os fragmentos das munições disparadas pelo segurança causaram os ferimentos. Três mulheres sofreram ferimentos na região da coxa e um rapaz no rosto, próximo ao olho. As vítimas foram socorridas à Santa Casa.

O caso foi registrado na Depac do Centro, onde se descobriu que o revólver não tinha documentação, acabando apreendido. O segurança foi indiciado e responderá em liberdade as acusações.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Presos em operação tentaram extorquir R$ 5 milhões de vítimas
MÉDICOS, POLÍTICOS E ADVOGADOS

Presos tentaram extorquir
R$ 5 milhões de vítimas

Boliviana é presa com várias cápsulas de cocaína no intestino
"MULA"

Boliviana é presa com várias cápsulas de cocaína no intestino

Quatro são presos em operação contra grupo que extorquia médicos e políticos
DECO

Quatro são presos em operação contra grupo que extorquia médicos e políticos

Para evitar transferência, Name alega precisar de ajuda em tudo
DESESPERO

Para evitar transferência, Name alega precisar de ajuda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião