Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Operação Ícaro

Quatro aviões são apreendidos em operação da Deco em Aquidauana

Presidente do Aeroclube da cidade acabou preso em flagrante, mas pagou fiança e foi liberado

24 SET 19 - 08h:22DAIANY ALBUQUERQUE

A Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco) deflagrou na madrugada desta terça-feira (24) a fase Iuris da Operação Ícaro. O objetivo da ação é reprimir os crimes de estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público e particular, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. Quatro aeronaves foram apreendidas.


A operação ocorreu no Aeroclube de Aquidauana - a 140 km de Campo Grande - onde foi descoberto a existência de táxi aéreo clandestino, além de atentado a segurança de voo, comercialização ilegal de combustível aeronáutico, enriquecimento ilícito obtido por crimes contra a ordem tributária e crime ambiental.


As aeronaves apreendidas estavam sendo utilizadas para o táxi aéreo remunerado clandestino. Também foram averiguadas que as plaquetas de identificação voltadas a rastreabilidade estavam com indícios de adulteração e as aeronaves operavam com certificado de aeronavegabilidade cancelados, o que resultou na interdição e autos de infração lavradas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em torno de aeronaves e pilotos que operavam naquele hangar.


Os policiais também flagraram a prática de crime ambiental e contra a ordem econômica, uma vez que os representantes do Aeroclube comercializavam e mantinham combustível aeronáutico sem autorização e em desacordo com as exigências legais e regulamentares.


Devido a essas irregularidades, o presidente do Aeroclube de Aquidauana foi preso em flagrante, porém, após pagar fiança, ele foi solto e responderá pelos crimes em liberdade.


A operação contou com a participação da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana e de agendas da Anac. O nome desta fase da Ícaro, Iuris, significa legalidade. A operação da Deco é realizada desde outubro de 2015 em Mato Grosso do Sul.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Homem agride esposa e mata sogro a facadas na Capital
VIOLÊNCIA

Homem agride esposa e mata sogro a facadas na Capital

Ladrão rouba mercado e é morto em confronto com policial de folga
CHOQUE

Ladrão rouba mercado e é morto em confronto com policial de folga

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal
MOSSORÓ

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal

Corpo encontrado carbonizado no Anel Viário é de adolescente desaparecido
PONTA PORÃ

Corpo encontrado carbonizado é de adolescente desaparecido

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião