Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEGURANÇA

Praça Ary Coelho passa a ter núcleo permanente da Guarda Municipal

Local funcionará 24h e receberá imagens de 17 câmaras instaladas ao longo da 14 de Julho

2 DEZ 19 - 11h:50DAIANY ALBUQUERQUE

Durante todo o mês de dezembro até o dia 6 de janeiro de 2020 a região central de Campo Grande será monitorada por 50 agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM). Para o trabalho os profissionais contarão com o apoio de 17 câmaras de segurança instaladas ao longo da Rua 14 de Julho e outras 22 no quadrilátero do Centro. Um núcleo permanente da corporação foi instalado na Praça Ary Coelho, para onde irão todas essas imagens.

O esquema de segurança para o período foi apresentado nesta segunda-feira (2) pela Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (Sesdes). De acordo com o secretário Valério Azambuja, o trabalho dos guardas, porém, já teve início em novembro. “Agora estamos começando a Operação Saturação no comércio de Campo Grande. Na 14 de Julho, 13 de Maio e Rui Barbosa”.

Os Guardas atuarão sete dias por semana, 24 horas por dia durante esse período, sendo duas viaturas de quatro rodas e quatro motocicletas até às 22h, durante a madrugada, conforme o secretário, haverá patrulhamento preventivo. “Uma guarnição fica na Praça e de hora em hora sai para patrulhamento. Se tiver algum evento ela chega em 1 ou 2 minutos”.

Além da área central, a GCM atuará nas sete regiões de Campo Grande, com operação programada. “A ideia é reduzir esses números de assaltos, furtos e principalmente a presença física dos agentes de segurança nas ruas. Precisamos hoje de voltar ao modelo antigo de presença maciça de polícia nas ruas, quando você tem a presença do agente de segurança, ele inibe 50%. Não posso só ser acionado depois que teve a ocorrência para atender, eu tenho que prevenir. Nós vamos justamente trabalhar nisso”, avaliou Azambuja.

Após o período de festas a fiscalização será mantida no Centro de Campo Grande, entretanto em menor número. Conforme o secretário, um agente ficará no núcleo permanente, analisando as imagens das câmeras, enquanto outros dois percorrem a região em motocicletas.

Segundo o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), João Carlos Polidoro, nos últimos dois meses foram registrados até dois arrombamentos na região Central. “A gente precisa mesmo que toda a área central tenha a participação das forças de segurança porque a gente está tendo arrombamentos. É necessário fazer um reforço e tem que ser permanente”.

Ainda conforme o dirigente da ACICG, o período mais crítico para os comerciantes é das 22h às 6h, quando a maioria dos arrombamentos são registrados.

“É importante a segurança pública, não só nesse período do ano, por isso que estamos fazendo diferente, esse policiamento será estendido durante os 12 meses do ano, intensificado nessa época do ano, todavia, os 12 meses do ano.

Pelo vamos dar a todos aqueles que virem ao centro a certeza de segurança, não apenas aos que residem no Centro”, declarou o prefeito Marcos Trad (PSD).

ECONOMIA

Polidoro avalia que com a abertura da 14 de Julho, totalmente revitalizada, este final de ano seja mais lucrativo para os comerciantes da região, com previsão de crescimento de vendas de até 3% em relação ao mesmo período do ano passado. “São 18 meses que o comércio do centro sofreu muito com a falta de público e agora tem que ter essa retomada para poder minimizar os prejuízos que tiveram os lojistas dessa região. A previsão é muito boa, temos visto bons sinais da economia, crescendo 0,7, 0,5%, até 1% no varejo, então estamos com expectativa muito boa para o final do ano. Acreditamos que vamos superar bastante o ano passado, principalmente quem está aqui no centro”.

Além da 14 de Julho, outras ruas da região também serão revitalizadas dentro do projeto Reviva Centro. Essas obras, porém, ainda não tem prazo para serem iniciadas já que, conforme o prefeito da Capital, os comerciantes da região pediram que a administração aguarde os período de festas passar para abrir as novas licitações.

“Os comerciantes pediram que esperasse um pouco agora, até fevereiro, para fazer a licitação. A gente tem explicado para eles que a gente tem um contrato e esse contrato tem que ser honrado”, declarou Trad, que reforçou que todo o quadrilátero do Centro será revitalizado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Corpo encontrado carbonizado no Anel Viário é de adolescente desaparecido
PONTA PORÃ

Corpo encontrado carbonizado é de adolescente desaparecido

Corpo carbonizado é encontrado em tambor próximo a anel viário
PONTA PORÃ

Corpo carbonizado
é encontrado em tambor próximo a anel viário

Morto em confronto era líder do crime organizado e criminoso mais procurado da Bahia
CARRO-FORTE

Morto em confronto era líder de facção
e criminoso mais procurado da Bahia

Suspeitos de assaltar carro-forte morrem em confronto com a polícia
QUADRILHA

Suspeitos de assaltar carro-forte morrem em confronto

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião