Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FRONTEIRA

PF cumpre mandados de prisão em sequestro de boliviano refugiado no Brasil

Policiais militares estão envolvidos no esquema; corregedoria foi acionada
18/03/2020 10:26 - Bruna Aquino


A Polícia Federal com apoio da corregedoria da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul cumpre desde ontem (17) mandados de prisão, busca e apreensão na operação Refúgio contra indivíduos que sequestraram um homem boliviano refugiado em Corumbá cidade sul-mato-grossense de fronteira.  

A ação criminosa ocorreu no mês de agosto de 2019, quando o cidadão boliviano foi abordado por homens armados em um comércio e foi levado à força para a Bolívia. Na ocasião, ao passar pelo Posto Esdras, ponto de controle migratório em Corumbá, o homem tentou fugir dos sequestradores, mas foi impedido e retirado do País.

A Polícia Federal descobriu toda a dinâmica dos fatos e identificou que os envolvidos no crime tentaram se passar por Policiais Federais e foi constatado o envolvimento de Policiais Militares no crime. A Corregedoria da Polícia Militar foi acionada. 

Segundo a polícia, quando alguém retira  ilegalmente um estrangeiro, na condição de refugiado no território nacional, implica como delitos de sequestro e de migração ilegal com o uso da violência. 

Após a deflagração, haverá a comunicação, pelos meios oficiais, às autoridades bolivianas dos dados da operação, para que sejam tomadas as medidas necessárias. 

OPERAÇÃO REFÚGIO

O nome da operação é uma alusão ao instituto de direito internacional que abrigava o cidadão boliviano no território nacional antes de sua retirada ilegal do Brasil.

 

*Com informações da PF

 

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...