Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Mulher é presa após atear fogo em rival por briga

Caso aconteceu nas cercanias da antiga rodoviária
01/10/2019 11:28 - RAFAEL RIBEIRO


 

Uma mulher foi presa pela Polícia Militar acusada de atear fogo em uma moradora de rua, de 29 anos nas cercanias da antiga rodoviária, no bairro Amambaí, região central de Campo Grande.

O crime aconteceu na noite de segunda-feira (30/9) e teria sido motivado por vingança.

Segundo a polícia, a autora, que também é usuária de drogas e mora na região, teria brigado com a vítima na noite anterior.

Com isso, aproveitando que a vítima estava dormindo na Rua Vasconcelos Fernandes por volta das 22h desta segunda, a suspeita pegou gasolina jogou na rival e ateou fogo, fugindo em seguida em um carro.

A vítima foi socorrida em estado grave ao pronto-socorro da Santa Casa. Segundo a unidade hospitalar, ela teve 50% do corpo queimado, sendo queimaduras de 2° e 3° graus. Os ferimentos foram na face, dorso, membros superior e inferior. 

A autora foi presa nesta manhã, na mesma região do crime. Ela foi levada para a Depac do Centro e sua versão para o crime não foi revelada até a publicação desta reportagem.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!