Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

VIOLÊNCIA

Homem agride esposa e mata sogro a facadas na Capital

Suspeito fugiu após cometer o crime

7 DEZ 19 - 10h:46ALÍRIA ARISTIDES

Um homem de 23 anos, foi preso na noite de sexta-feira (6) após matar o próprio sogro, identificado com Airton Pacheco, de 56 anos, com uma facada no pescoço. O crime aconteceu no Residencial Dallas, em Campo Grande.

De acordo com o boletim registrado para a ocorrência, o homem, que trabalhava como tapeceiro, era casado com a filha de Airton há quatro anos, com quem tem um filho de cerca de um ano. A mulher informou à polícia que recentemente o marido vinha apresentando comportamento agressivo. Ainda de acordo com a esposa, durante uma briga na noite de ontem por causa de som alto, o homem a agrediu com tapas e empurrões.

A mulher ligou para a mãe e relatou o que havia acontecido. Airton, a esposa e outra filha do casal, de 10 anos, foram até a casa para intervir na situação. No local, enquanto a jovem arrumava os pertencentes para deixar a casa, a vítima tentava controlar o genro. 

Quando a família entrou no carro para ir embora, o tapeceiro teria perdido o controle e avançado contra o carro com um facão. Com a arma, foi até a janela do motorista e esfaqueou o próprio sogro com um golpe no pescoço. Em seguida, fugiu para um matagal

Pela gravidade do ferimento, Airton morreu ainda no local. Equipes do Grupo de Operações e Investigações (GOI) foram acionados para encontrar o autor do crime. Durante as buscas, chegaram à casa da irmã do homem, onde o acharam tentando se esconder. O tapeceiro foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga.  

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia paraguaia prende mais um fugitivo de penitenciária na fronteira
FUGA EM MASSA

Polícia paraguaia prende mais um fugitivo de penitenciária na fronteira

A cada quatro dias uma pessoa é assassinada em Campo Grande este ano
HOMICÍDIO DOLOSO

A cada quatro dias uma pessoa é assassinada em Campo Grande este ano

Corpo de adolescente que estava desaparecida é encontrado
CRIME

Corpo de adolescente que estava desaparecida é encontrado

Polícia paraguaia recaptura mais dois fugitivos de penitenciária
FUGA EM MASSA

Polícia paraguaia recaptura mais dois fugitivos de penitenciária

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião