Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FRONTEIRA DE SANGUE

Empresário é executado a tiros em Ponta Porã

Mais um alvo de pistoleiros na fronteira
09/09/2019 11:02 - RAFAEL RIBEIRO


 

O empresário Alberto José Koehler, 55 anos, conhecido como Beto, foi executado ao lado da caminhonete em que estava na manhã desta segunda-feira (9), em Ponta Porã, cidade que faz fronteira com o Paraguai.

O fato ocorreu na Rua Presidente Vargas, nas proximidades de uma escola infantil. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para atender a ocorrência, porém, a vítima já estava morta quando os socorristas chegaram.

O autor dos disparos estava em um Honda Civic, ele desceu do Honda, foi até a a vítima, em frente à escola, no meio da rua e disparou várias vezes.

A Polícia Civil e a perícia foram acionadas. Não há detalhes sobre a autoria do crime contra o empresário, que seria proprietário de um condomínio na cidade.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?