Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

VIOLÊNCIA

Dois são presos por xingar e agredir policial durante abordagem

Jovens estavam bêbados e enfrentaram equipe de PMs

9 SET 19 - 12h:13BRUNA AQUINO

Dois jovens foram presos na madrugada desta segunda-feira (9) após xingarem e agredirem um policial militar, de 41 anos, durante abordagem em frente de conveniência, na Rua Antônio Maria Coelho, região do bairro Cabreúva, em Campo Grande. 

Os jovens que tem 22 anos cada estavam ingerindo bebida alcoólica e com som alto em frente a conveniência quando foram abordados pela Polícia Militar. A guarnição chegou no local devido diversas reclamações de moradores da região. 

Segundo informações do boletim de ocorrência, durante a abordagem, foi solicitado que a dupla deixasse o local e abaixasse o volume do som, momento que os dois jovens começaram a xingar os servidores. 

Diante do desacato, os PMs deram voz de prisão aos jovens que começaram a agredir fisicamente o comandante da equipe. Ainda conforme a ocorrência, os jovens continuaram a xingar os policiais  “seus porcarias” e frases como “não sabem com quem estão mexendo”. 

Os autores foram presos e levados até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Centro, onde vão responder por desacato, ameaça e resistência. 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Esquartejou pai e filho porque levou um soco na cara
BRUTAL

Suspeito esquartejou pai e filho porque levou um soco na cara

Abordagem na Afonso Pena termina com bate-boca entre PM e Guarda
VEJA O VÍDEO

Abordagem na Afonso Pena termina com bate-boca entre PM e Guarda

Estudante filmado agredindo jovem é condenado a 4 anos
VEJA O VÍDEO

Estudante filmado agredindo jovem é condenado a 4 anos

Polícia prende suspeito de matar pai e filho e jogar corpos em poço
DOURADOS

Polícia encontra dois corpos após suspeito espalhar que matou vítimas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião