Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OPERAÇÃO

Contrabando em assentamento lotam caminhão da Receita

Brinquedos, faqueiros e até cueca foram localizados
05/09/2019 11:37 - RAFAEL RIBEIRO


 

Flagrantes realizados durante fiscalização de rotina feita pela Polícia Militar na região do Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, apreendeu grande quantidade de produtos contrabandeados do Paraguai na quarta-feira (4). 

Na primeira abordagem, que ocorreu no final da manhã, foi avistada aglomeração de pessoas próximas a veículos que estavam estacionados em frente a um restaurante o que acabou chamando a atenção dos policiais e, ao se aproximarem, constataram que havia cinco carros. 

Neles foram encontrados 60 caixas de brinquedos diversos, 72 faqueiros, 56 fardos de cuecas, 187 patinetes, 23 barracas de camping, duas caixas com 98 unidades de garrafas térmicas, quatro fardos de meias, um de meia-calça, duas piscinas infláveis, 30 volumes de tapetes, dois de camisetas e lingerie, três ventiladores, caixa de óculos, caixa de bolsas femininas, tapetes para carros, duas caixas de balanças contendo oito unidades, sete sacolas de câmeras fotográficas, três caixas de óleo de motor, dois pneus e oito caixas de erva para tereré.

A outra abordagem ocorreu por volta das 14h quando os policiais realizavam rondas pelas imediações do mesmo local da primeira abordagem e depararam com outros dois veículos com placas de Campo Grande. 

Durante a abordagem e vistoria aos veículos, os policiais encontraram 120 roteadores de internet marca TPLink, dois pneus, 60 pacotes de cigarro da marca Fox, quatro caixas de pen drives, três caixas de essência de narguilé, uma de receptores, caixa de controles e um caixa contendo cabos para receptores, 10 caixas de memórias para computador e cinco caixas de fones de ouvido, seis volumes de piscinas, um volume de meias, seis garrafas térmicas e um volume de cuecas.

Após as apreensões, os policiais solicitaram apoio da Receita Federal a qual, através de seus agentes, auxiliaram ativamente aos policiais do Assentamento Itamarati no que tange à condução do grande volume de mercadorias apreendidas.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?