Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

OPERAÇÃO POLICIAL

Bombeiros e polícia caçam suspeito nas galerias do Córrego Maracaju

Operação policial na antiga rodoviária transformou-se em perseguição em galerias do centro

1 NOV 19 - 11h:41EDUARDO MIRANDA E RICARDO CAMPOS JR.

A fuga de um dos frequentadores da antiga rodoviária de Campo Grande de uma operação de rotina da Polícia Militar transformou-se em perseguição - e agora também em um resgate - nos subterrâneos do centro da cidade. Isso porque o suspeito, ao tentar escapar dos policiais, entrou no duto do Córrego Maracaju, que está canalizado sob a rua de mesmo nome desde a década de 1970.

A perseguição teve início às 9h desta sexta-feira (01) e, no momento, dois bombeiros militares estão a procura do suspeito dentro da tubulação. Por causa da operação complexa, os militares usam balões de oxigênio para viabilizar a respiração, e ainda solicitaram à Águas Guariroba o controle da vazão do córrego. Ainda não há notícias do suspeito, que estava ferido no pé quando entrou no córrego. 

A operação policial é a quinta ação em menos de um mês para prevenir a ocorrência de crimes na região central da cidade e no Bairro Amambaí. O edifício da antiga rodoviária transformou-se em um reduto para moradores de rua e usários de droga, como o crack. Quem frequenta a região central, não hesita em chamar o local de cracolândia de Campo Grande. 

Participam da perseguição, que agora também transformou-se em uma operação de resgate, além do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a Guarda Municipal. Bombeiros e policiais monitoram as saídas das galerias, no início da Rua Maracaju e na região do Jardim dos Estados, nas Ruas 25 de Dezembro e Mato Grosso. 
O Córrego Maracaju foi o primeiro curso d’água da região urbana a ser canalizado. A obra foi entregue em 1974. Trata-se do único córrego totalmente subterrâneo de Campo Grande.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Apreensão de cocaína pela Receita bate recorde em 2019
QUASE 50 TONELADAS

Apreensão de cocaína pela Receita bate recorde em 2019

Roubos em vias públicas caem 21,1% em MS, diz Sejusp
CRIMES EM QUEDA

Roubos em vias públicas caem 21,1%, diz Sejusp

Estado coleta amostras para abastecer banco de material genético de criminosos
SEGURANÇA PÚBLICA

Estado coleta amostras para abastecer banco de material genético de criminosos

Juiz e advogados trocam farpas sobre Lei de Abuso de Autoridade
MILÍCIA ARMADA

Juiz e advogados trocam farpas sobre Lei de Abuso de Autoridade

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião