ARTIGO

Venildo Trevisan: "Os caminhos da vida"

Frei
29/08/2015 00:00 -


Estamos em busca de caminhos. Uns consideram que o mundo seja um verdadeiro caos onde ninguém entende ninguém, onde cada qual constrói seu mundo próprio, seu modo de pensar e sua maneira de agir. E não aceita interferência de quem quer que seja. Considera que estamos vivendo num mundo de desconhecidos e ignorados.

As leis, os princípios da moral e as instituições existem mais para inibir do que para libertar e orientar. Uma nuvem de pessimismo está pairando sobre essas cabeças e querendo perturbar os princípios e as convicções de uma convivência harmoniosa e espiritual entre os seres humanos. Esse é o modo de pensar e de interpretar a realidade de muitos entre nós.

Mas o mundo não é apenas isso. Existem grandes valores que precisam ser assumidos e elaborados para a felicidade e alegria de todos. Tudo depende da maneira com que se olha a realidade. Depende da maneira com que se percorre o caminho da sabedoria. Ela é generosa para todos os que conscientemente assumem sua historia passada e suas esperanças futuras. E elabora com discernimento o caminho pessoal sem interferir no caminho dos demais.

Ciente de suas limitações fará o máximo que estiver a seu alcance para conduzir seus projetos na construção de um ambiente saudável e seguro. Não terá medo de errar, pois saberá que o erro não interfere, mas será apenas um ponto de referencia mostrando por onde e como se deve andar; e por onde não se deve ir e agir.

Quem alimentar projetos e sonhos de valor saberá da necessidade em conviver com dúvidas e contrariedades. Pois elas constituirão uma bagagem incômoda, mas necessária para alcançar esses sonhos almejados. Serão constantes e permanentes. Mostrarão que nem tudo o que se almeja será o melhor. O melhor estará naquilo que nos for possibilitado realizar.

Se o ser humano conseguir penetrar em seus interior e detectar com naturalidade seus valores e suas fraquezas e for capaz de organizá-los, será a criatura mais feliz da face da terra. Tudo será aceito com naturalidade. Tudo será conduzido com serenidade e tudo será vivido com plena liberdade.

Mas os desafios continuam. Tanto na convivência familiar, quanto na convivência social ou religiosa as dificuldades serão sempre presença forte exigindo discernimento e paciência. Tambem em nossa formação espiritual encontraremos dificuldades e dúvidas profundas e inquietantes.

E isso é tão marcante em nosso meio que muitas pessoas por não terem uma formação mais solida facilmente abandonam o cultivo da fé e da amizade com Deus. Atribuem a ele os acidentes da vida. Julgam que ele seja alguém que determine e crie ameaças e castigos. Sua consciência não consegue aceitar que tudo seja conseqüência de uma má formação humana e religiosa.

O mundo seria um verdadeiro paraíso se os homens e as mulheres permitissem ser esclarecidos a respeito da verdade de Deus. E entenderem que esse Deus é alguém que só tem amor para dar, perdão para oferecer e misericórdia para celebrar.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".