Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

OPINIÃO

Sarah Santos: "Autocuidado é a palavra de 2019: saiba como aplicá-la no seu dia-a-dia"

Jornalista com deficiência física

7 JAN 19 - 01h:00

Convido você a refletir sobre como cuidou de si mesmo em 2018. Isso não tem a ver, necessariamente, com estética facial, capilar e corporal. O autocuidado é um conjunto de atitudes que uma pessoa faz com o objetivo de cuidar de si mesma, estar atento às necessidades do seu corpo e mente e realizar atos que contribuam para o seu bem estar.

No cotidiano, é costume ignorar os próprios desejos, comprometer a autoestima em função da opinião alheia, colocar-se em segundo plano e esquecer de manter hábitos saudáveis para se encaixar na correria. A auto análise é fundamental para reconhecer onde  o autocuidado é prejudicado para então, estabelecer práticas de bem estar. O equilíbrio é a palavra chave, conectar-se com o seu eu interior e manter a preocupação com o coletivo são importantes para construir um contrato consigo mesmo e com o próximo de priorizar-se, sem pesar os seus compromissos com o próximo.

Separar algumas horas para si mesmo em meio à uma sociedade de tantas responsabilidades parece egoísmo, mas é mostrar que você é digno do seu tempo e merece sentir-se bem consigo mesmo. Para começar essa incrível jornada, é necessário reconhecer quem você é, onde está e o que precisa para chegar em um nível ideal de autocuidado e autoamor. 

O consumo de livros, filmes e outros produtos culturais que te edifiquem como ser humano ou te relaxem após um dia de trabalho são iniciativas efetivas de autocuidado, promovem o aumento da sua bagagem cultural e o distanciamento da realidade. Também, passar um tempo sozinho ou com uma pessoa que gosta ao ar livre, mantendo contato com a natureza sentado em uma grama ou caminhando, são atitudes positivas para a saúde corpórea e mental.

Inserir, aos poucos, hábitos saudáveis no seu dia-a-dia vão torná-los naturais após um tempo. Mudanças bruscas fazem o corpo sofrer mais, então, é conveniente conhecer o próprio organismo e realizar atos de gentileza para com ele. Visite um massagista, realize um procedimento facial, faça um corte de cabelo diferente, invista o dinheiro do seu trabalho para que um profissional cuide de você, mesmo que por um instante.

A prática do autocuidado potencializa a sua vida em todos os sentidos e faz com que enxergue a si mesmo de maneira mais positiva. Os relacionamentos, os estudos, o trabalho e os planejamentos tornam-se mais leve e colocam você como o protagonista de sua própria vida. Quando nos sentimos amados, ainda que por nós mesmos, temos mais para doar aos outros.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Antonio Roque Dechen: "Alimentos e qualidade de vida"

Professor titular do Departamento de Ciência do Solo da Esalq/USP
OPINIÃO

Gilson Cavalcanti Ricci: "O Vaticano e a Amazônia"

Advogado
CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta terça-feira: "O pragmatismo sempre vence"

ARTIGO

Flavio A. Sandi: "Os limites e a liberdade na educação"

Professor

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião