Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

artigo

Marcos Trad: "Comemorando a retomada"

Prefeito de Campo Grande

26 AGO 2017Por 01h:00

Os 118 anos que Campo Grande comemora neste mês de agosto abrem excelente oportunidade para refletir sobre a cidade e o seu futuro. A história que vivemos mostra que a nossa principal marca é a de enfrentar desafios e superar dificuldades. 

Desde que José Antonio Pereira aqui chegou, no fim do século 19, lançando as primeiras sementes de nossa comunidade, atravessamos a linha do tempo reforçando ano a ano nossa principal marca: a vontade de crescer, de vencer obstáculos e dirigir o olhar para o futuro, com a esperança de fazer de nossa cidade o melhor lugar para viver e ser feliz. 

Nas décadas de 60 e 70, por exemplo, Campo Grande dava os primeiros sinais de que seria um importante centro urbano, polo de atração de investimentos, ponto estrategicamente localizado para o desenvolvimento sustentável. A cidade, nos seus melhores períodos, experimentou índices de crescimento de 10% ao ano. 

Esse processo excepcional gera impactos positivos até nos dias atuais. Ele foi potencializado pela implantação de grandes avenidas, largas vias urbanas, canalização de córregos, construção de escolas, postos de saúde e conjuntos habitacionais, possibilitando um planejamento urbanístico avançado, que foi extremante útil para induzir o rápido progresso da cidade. 

É verdade que passamos recentemente por dificuldades. Retrocedemos nossa marcha, gerando um quadro financeiro que hoje nos faz enfrentar um deficit da ordem de R$ 34 milhões mensais. Mas isso não nos esmorece; ao contrário, nos desafia.

O atual momento da cidade é o da retomada do crescimento: estamos cumprindo rigorosamente os contratos estabelecidos, mantendo a estabilidade política e restabelecendo parcerias com o governo do Estado e os setores produtivos, sem as quais estaríamos fadados à estagnação. Estamos fazendo o dever de casa.

Aos poucos, conseguimos superar dificuldades, tapando milhares de buracos das nossas ruas, retomando obras travadas de 13 Ceinfs, fazendo o recapeamento de importantes malhas viárias, solucionando a questão da trafegabilidade no entroncamento das avenidas Mato Grosso e Nelly Martins e iniciando o asfaltamento do Bairro Nova Lima, reivindicação histórica de parcela importante da população campo-grandense. 

Garantimos a entrega de uniformes e merenda escolar para nossas crianças e mantemos o firme propósito de dar resolução eficaz aos nossos problemas de saúde e educação. Nossa meta é colocar Campo Grande no ranking dos melhores indicadores sociais do País.

Além disso, promovemos a ativação dos centros esportivos em parceria com a iniciativa privada e estamos nos preparando para revitalizar a área central, com investimentos da ordem de R$ 57 milhões oriundos do BID, com o projeto Reviva Centro. Mais importante: estamos atraindo empresas e gerando empregos.

No âmbito interno, estamos quitando dívidas, pagando em dia os salários dos servidores, resgatando a autoestima de nossas famílias, mostrando que os nossos problemas podem ser solucionados com a ajuda de todos, sem vaidade ou ostentação. 

Graças à nossa política de união, conseguimos estabelecer a confiança e a credibilidade. Problemas existem, mas o importante é que temos disposição para resolvê-los, sem favorecimentos nem populismo.

Queremos acelerar os processos de modernização de nossa economia, resgatando a transparência e moralizando condutas administrativas, nunca por meio dos conflitos e sempre com diálogo franco e sincero, aceitando sugestões dos órgãos de controle.

O cidadão está compreendendo a nossa mensagem e sinto nas ruas que ele está confiando em nosso trabalho. Isso tem refletido no pagamento em dia de seus impostos, o que tem ajudado a administrar a cidade com equilíbrio e racionalidade.

A população está consciente de que Campo Grande é a nossa morada e que devemos cuidar dela como se fosse um bem coletivo. Comemoramos hoje nosso aniversário com o sentimento de união. Com a graça de Deus, estamos levantando Campo Grande.

Parabéns a todos.

Leia Também