Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

ARTIGO

Benedito Rodrigues da Costa: "Corumbá é primavera; parabéns!"

Aposentado

21 SET 2017Por 02h:00

Uma data importante para os corumbaenses e, por que não, para os sul-mato-grossenses. Afinal, dia 21 de setembro a Cidade Branca comemora 239 anos de fundação. Cidade histórica e de uma cultura ímpar dentro do contexto nacional, seus casarios antigos foram tombados como Patrimônio Histórico Nacional, cujas construções contaram com arquitetos franceses, portugueses e espanhóis.

Tendo o Pantanal como um cenário magnífico, o qual proporciona aos seus habitantes e visitantes uma vista panorâmica, com um pôr do sol que encanta durante o período das cheias e que pode ser admirado da parte alta da cidade, o Cristo Rei do Pantanal tem sido uma opção para quem desejar enxergar do alto a vista panorâmica da cidade e o Pantanal.

Corumbá foi palco de um conflito bélico com o Paraguai, tendo sido invadida pelas tropas do general Francisco Solano Lopes e retomada pelas tropas brasileiras sob o comando do coronel Antonio Maria Coelho, no dia 13 de junho de 1867. Com o término da guerra, a abertura dos portos e o comércio internacional, foi fator preponderante para a ocupação da fronteira oeste brasileira. O porto de Corumbá foi o 3º maior porto fluvial da América Latina até 1930. Havia 25 bancos internacionais instalados na região portuária.

A história de Corumbá é muito rica e encanta quem adora a leitura. Sua economia está centrada na pecuária e no turismo e, aos poucos, vai readquirindo a sua importância econômica dentro do contexto estadual. Parabéns a Corumbá, a seu povo alegre e festivo, que sabe receber os visitantes durante o ano inteiro – mas, no período carnavalesco, esse calor humano sobe a temperatura. Parabéns pelos seus 239 anos de existência.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também