'Menina-sereia' morre nos Estados Unidos

'Menina-sereia' morre nos Estados Unidos
27/10/2009 10:50 -


     

                Uma menina que nasceu com uma condição rara chamada de "síndrome da sereia" morreu aos dez anos nos Estados Unidos. Shiloh Pepin estava internada em um hospital no estado de Maine desde a sexta-feira. Ela tinha sirenomelia, uma doença rara que implica mal-formação dos membros inferiores. Shiloh nasceu com as duas pernas unidas, semelhante a uma cauda de peixe. Ela não possuía órgãos genitais e era dotada apenas de um rim, que funcionava parcialmente. Apesar disso ela frequentava a escola e dizia que não fazia questão de passar pela cirurgia para separar suas pernas.

                Com informações do Estadão

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".