40% do brasileiros afirmam que crise não afetou gastos de consumo

40% do brasileiros afirmam que crise não afetou gastos de consumo
16/04/2009 15:23 -


     

         

         

Muitos consumidores brasileiros acreditam que o Brasil vai demorar mais de um ano para se recuperar da crise e voltar a crescer. É o que mostra uma pesquisa referente ao mês de março, realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgada hoje (16). Dos entrevistados, 30,3% apostam que o Brasil demorará entre seis meses e um ano para se recuperar. Os mais otimistas, que afirmam que o País vai demorar entre três e seis meses, correspondem a 17,5%. 

 

De acordo com a análise, 40,3% responderam que não sentiram influência negativa da crise em seus gastos de consumo. Apenas 13,9% dos pesquisados denominaram como "intenso" o impacto da crise sobre seus gastos de consumo.

         

        Com informações da Agência Estado

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".