2º Salão de Artes está com inscrições abertas

2º Salão de Artes está com inscrições abertas
29/06/2010 14:00 -


     

O "Salão de Artes Horizontes da Arte Morena - Prêmio Cidade Morena", que premia os melhores trabalhos em pintura, fotografia, escultura e instalações já está com as inscrições abertas para os artistas que desejarem participar. O evento será realizado entre os dias 18 e 31 de agosto no Armazém Cultural. As inscrições podem ser realizadas entre os dias 21 de junho e 28 de julho.

O evento é promovido pela Fundação Municipal de Cultura (Fundac) por meio da Divisão de Fomento às Atividades Artesanais e Artes Visuais. As inscrições para as categorias de Pintura, Escultura e Fotografia devem ser feitas no Armazém Cultural, as inscrições para a categoria de Instalação serão recebidas na sede da Fundac. O Salão de 2010 premiará o trabalho melhor pontuado em cada uma das categorias.

O prêmio está aberto para todos os artistas que residam em Mato Grosso do Sul há pelo menos dois anos. A idade mínima de participação é 15 anos. Cada artista deve inscrever três obras inéditas em apenas uma das seguintes modalidades artísticas: Pintura, Escultura e Fotografia ou uma obra na modalidade instalação com tema livre. Para essa categoria o artista deve apresentar um só trabalho com pelo menos cinco fotografias do mesmo, vídeo e/ou projeto com memorial descritivo de montagem e manutenção da obra.

                Mais informações e o regulamento completo podem ser obtidos na sede da Fundac que fica na Rua Brasil, 464 - Vila Marman ou pelo (67) 3314-3230. O Armazém Cultural fica na Esplanada da Ferrovia na Avenida Calógeras s/n.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".