Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

A porta-voz do médico de Michael Jackson disse que, após o segundo encontro com a polícia, ele não

A porta-voz do médico de Michael Jackson disse que, após o segundo encontro com a polícia, ele não
28/06/2009 15:54 -


     

A porta-voz do médico de Michael Jackson disse que, após o segundo encontro com a polícia, ele não é considerado suspeito pela morte do astro. Miranda Sevcik, a porta-voz do cardiologista Conrad Murray, afirmou, na noite deste sábado, que o encontro com médico teve como objetivo "esclarecer algumas inconsistências".

 

Em nota, a porta-voz afirma que o "médico de maneira alguma é suspeito e permanece como testemunha do caso". A polícia confirma que interrogou Murray e que ele cooperou.

 

Segundo Sevcik, Murray e seu advogado ?responderam a todas as perguntas? durante as três horas que durou o encontro, e que eles continuarão cooperando com a polícia para esclarecer as circunstâncias da morte de Michael Jackson. (Com Agência Estado)

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.