Zuckerberg fala do iGrill no Facebook e derruba site do produto

Zuckerberg fala do iGrill no Facebook e derruba site do produto
21/08/2012 01:00 - terra


O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, fez um post em sua conta pessoal na rede social promovendo o iGrill, termômetro para churrascos, grelhados e outras receitas cozidas que funciona junto a um aplicativo para iPhone, iPad e iPod Touch. Segundo o site Mashable, a publicação feita no domingo causou a queda do servidor do site iGrill.

"Eu atualizei o meu app de churrasco, o iGrill, hoje e agora ele tem integração com o Facebook, que permite que você veja o que outras pessoas estão grelhando neste momento ao redor do mundo. Incrível. Eu estou fazendo um Fred's steak (tipo de bife marinado)", postou Zuckerberg, junto a um link para o site do produto.

Foi o que bastou para que o site do iGrill, que recebe em média 70 mil visitas por mês, atingisse um pico de 1 mil acessos por minuto. A movimentação acabou tirando o site do iGrill do ar por um período de 30 minutos a duas horas - dependendo da região de onde era acessado.

O CEO do iGrill, Christopher Allen, afirma que a menção foi uma completa surpresa. Apesar de muita gente ter comentado no Facebook que Zuckerberg seria um investidor do termômetro digital, Allen diz que o cofundador da maior rede social do mundo não tem nada a ver com seu negócio.

"Nós não tivemos nenhum aviso de que ele (Zuckerberg) iria mencionar o produto", contou o CEO do iGrill ao Mashable. "Alguém da nossa equipe de desenvolvimento voltou de férias, chegou em casa e viu. Então nós começamos a receber chamadas e mensagens de texto, e o fluxo de tráfego travou o site", explicou Allen.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".