quarta, 18 de julho de 2018

Zidane sai em defesa de Henry

22 NOV 2009Por 13h:00
     Rennes, França
        O ex-jogador Zinedine Zidane não gostou de ver seu ex-companheiro de seleção francesa, Thierry Henry, ser tão criticado nos últimos dias, por ter colocado a mão na bola em lance que definiu a vitória sobre a Irlanda por 2 a 1, na repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.
        "Houve muitas coisas nestes últimos dias, foram ditas muitas coisas e não quero entrar nesse detalhe, mas só quero dizer que Thierry Henry não é um trapaceiro", disse Zidane, durante conferência da associação de caridade francesa ELA, da qual é embaixador, realizada na cidade de Rennes.
        O ex-atleta não entende o porquê de tantas críticas ao atacante.
        "É um gesto difícil de ser aceito pelos irlandeses, mas ocorre muitas vezes em um campo de futebol. Só quero dizer que foi dito muita coisa sobre o Henry, exageraram um pouco", continuou Zidane, indo contra a maré de críticas.
        Depois de colocar a mão na bola durante a prorrogação, tirando a Irlanda da Copa, Thierry se desculpou e até apoiou a realização de uma nova partida.
        "É verdade que a falta é grave, mas não há que repetir o jogo", resumiu Zinedine Zidane. O ex-Bola de Ouro e campeão mundial em 1998, na França, assistiu ao polêmico lance das tribunas do Stade de France, na quarta-feira.
        
        Com informações Gazeta Press
        
        

Leia Também