Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

tecnologia

Wikipédia faz dez anos entre polêmicas

15 JAN 2011Por folha online12h:06

Em 15 de janeiro de 2001, primeiro mês de atividade da Wikipédia, o projeto de enciclopédia livre acumulou parcos 25 artigos. Quase dez anos depois, o site é o oitavo mais acessado do mundo e contém mais de 17,6 milhões de verbetes em 262 línguas.

A Wikipédia foi fundada por Jimmy Wales e Larry Sanger e é mantida pela entidade sem fins lucrativos Fundação Wikimedia e por doações privadas. Todo o seu conteúdo é gratuito.

Ela ostenta o título de livre --em tese, qualquer usuário anônimo pode criar e editar páginas--,mas conta com diferentes níveis de permissão, conquistados com um histórico de edições. Verbetes polêmicos, por exemplo, só podem ser editados por usuários experientes e confiáveis.

Essa liberdade é o maior alvo de críticas do modelo wiki. Os céticos questionam a credibilidade de informações que podem ter sido postadas por anônimos.

Atos de vandalismos recorrentes, por sua vez, dão dor de cabeça para os editores assíduos.

Nesse cenário, a Wikipédia pretende mudar de foco: da quantidade para a qualidade. Para Telma Johnson, autora de "Nos bastidores da Wikipédia lusófona", "É uma mudança na trajetória do projeto inicial, que buscava se popularizar. Agora, vencida esta etapa, o que parece interessar é a busca de credibilidade junto às instituições sociais, especialmente escolas, universidades e centros de pesquisa".

Wikipédia Lusófona

A Wikipédia Lusófona conta com cerca de 660 mil artigos, sendo a oitava maior wiki em número de verbetes.

Para Fernando Souza, relações públicas do portal lusófono, o crescimento é positivo: "Como o projeto entrou na lista de sites mais acessados do mundo, veio gente de todo tipo, com os mais ricos interesses, e agora temos uma Wikipédia democrática no sentido de artigos. Temos desde artigos biográficos sobre personagens feios de mangás até presidentes norte-americanos".

Porém, um grande número de verbetes não quer dizer, necessariamente, conteúdo de alta qualidade.
Vander Marcovecchio, também relações públicas, faz as ressalvas: "Uma ânsia por somar números fez com que a Wikipédia Lusófona adquirisse uma grande quantidade de artigos, porém, em sua maioria, eles não possuem qualidade e fontes fiáveis."

Estatísticas reforçam a afirmação: segundo dados do site s23.org, um dos portais que monitoram os projetos da Fundação Wikimedia, atualmente 26,7% dos artigos lusófonos são esboços --verbetes incipientes, com conteúdo limitado. Ou seja, mais de um quarto dos artigos ainda está em estágio inicial. O índice mundial é de 26,43%.

"Embora a comunidade tenha amadurecido em muitas coisas, ela ainda precisa priorizar mais por qualidade do que por quantidade", complementa Marcovecchio.

Tensões internas

A pesquisadora Telma Johnson afirma que "uma das principais particularidades da Wikipédia Lusófona é a tensão permanente entre brasileiros e portugueses em torno da língua portuguesa."

Segundo a autora, isso ocorre porque as Wikipédias não são baseadas em países, e sim em línguas, o que impede uma eventual divisão entre Wiki brasileira e portuguesa, por exemplo.
A atual disputa lusófona "pode ser vista como uma via de destruição do projeto lusófono caso não seja resolvida", opina.

Leia Também