Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Wikipedia e Twitter vão invadir as salas de aula

15 ABR 2009Por 12h:15
     Incluídas no processo de avanço tecnológico, e cada vez mais precoces e dinâmicas, as crianças já nascem conectadas ao conceito de diálogo sem fronteiras espaciais. Sendo assim, o quadro-negro concebido no século 18 por James Pillans torna-se obsoleto diante da necessidade de usar a informática como instrumento educacional e interativo.
        
        Pelo menos é nessa ideia que uma proposta de reforma curricular do Reino Unido se baseia. Elaborado por Sir Jim Rose, o projeto prevê a inclusão de conhecimentos de Wikipedia e Twitter no currículo das escolas primárias.
        
        O autor do rascunho é ex-diretor da Ofsted (entidade que vistoria o ensino nas creches e escolas primárias da Grã-Bretanha) e foi criticado pelo sindicato dos professores bretões, suscitando a discussão sobre o uso das ferramentas nas instituições brasileiras.
        

Leia Também