Segunda, 18 de Dezembro de 2017

'chega de roubo'

Wanderlei Silva será candidato a deputado

11 JAN 2014Por Tatame00h:00

Ídolo do PRIDE e do UFC e um dos mais queridos personagens do MMA mundial, Wanderlei Silva pretende utilizar sua popularidade em prol daqueles que sempre o ovacionaram. O “Cachorro Louco” vai lançar seu nome como candidato a deputado federal pelo PSDB do Paraná, em convenção do partido na próxima semana. A ideia surgiu durante questionamento da apresentadora Marília Gabriela, em entrevista que foi ao ar no mês de setembro do ano passado, e ganhou força nos últimos 15 dias.

As propostas de Wand serão, principalmente, no campo da inclusão social. Em novembro de 2013, ele fechou acordo para abrir uma academia gratuita em Campina Grande, cidade do interior da Paraíba.

“Vi que tenho muitos projetos que podem ser feitos, muitas coisas interessantes, e, se tudo der certo, entro nessa empreitada. Vou para a casa do TUF, nocauteio o Sonnen e entro em campanha”, afirma o atleta. “Se tivermos pessoas sérias juntas, é possível fazer. Conseguimos abrir uma escola no interior da Paraíba, por que Curitiba ou São Paulo não poderiam ter uma? Não tem verba? Falta alguém para colocar para frente. Cansei de pedir, vou lá (no Congresso Federal) fazer com as minhas próprias mãos, como fiz a vida inteira”.

Wanderlei sempre foi engajadonas causas sociais. Durante os protestos contra a corrupção no Brasil, entre junho e setembro passados, o lutador chegou a gravar um vídeo convocando os cidadãos a irem às ruas protestar. Ele pede por uma mudança na geração de políticos do país e promete ser voz ativa no Congresso.

“Chega desses corruptos nos roubando! Essa geração está indo embora presa, aposentada ou morta. É a hora das pessoas de bem, mas não adianta ser a hora e não fazer nada. Precisamos de projetos bem feitos, investir de verdade de maneira a ajudar a população. Pode ser uma coisa boa para todo mundo. Se vocês acham o Romário polêmico, deixa eu entrar lá para verem o que vai acontecer”, projeta.

Leia Também