quinta, 19 de julho de 2018

Eleições

Votações suplementares chegam ao fim em municípios de MG e RJ

6 FEV 2011Por G117h:27

O período de votação nas eleições suplementares realizadas neste domingo (6) em Conceição do Mato Dentro (MG) e Mangaratiba (RJ) acabou às 17h, no horário de Brasília. As novas eleições foram marcadas para essas cidades porque os prefeitos eleitos em 2008 foram afastados de seus cargos.

As assessorias de imprensa dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de Minas Gerais e Rio De Janeiro informaram que acreditam ser possível finalizar a apuração dos votos entre 19h30 e 20h em Conceição do Mato Dentro, e entre 18h30 e 19h em Mangaratiba. O município mineiro tem um colégio eleitoral de 14.319 pessoas. Já no carioca, 25.712 eleitores estão cadastrados.

Conceição do Mato Dentro
Em Conceição do Mato Dentro, o prefeito reeleito em 2008, Breno José de Araújo Costa (DEM), teve o registro de candidatura cassado em maio de 2009 por rejeição de contas públicas. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele teria desviado recursos destinados ao Programa de Atendimento aos Desnutridos e às Gestantes de Risco Nutricional para comprar cestas básicas para os moradores de Conceição do Mato Dentro. O ex-prefeito nega as irregularidades.

Mangaratiba
Em Mangaratiba, o prefeito Aarão de Moura Brito Neto, e seu vice, Marcelo Tenório, foram cassados por abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação. Em 7 de abril de 2008, último dia permitido pela legislação eleitoral para a revisão salarial de servidores públicos, o então prefeito enviou à Câmara de Vereadores um projeto de reestruturação de cargos e salários que aumentava em 41,4% os vencimentos de 1.450 servidores municipais.

Leia Também