Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

STF

Votação do mensalão deve começar na 2ª

18 AGO 12 - 09h:15agência brasil

Depois de confirmar que a votação do processo do mensalão será fatiado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto, previu que, já na próxima segunda-feira (20), deverá ocorrer o voto do ministro-revisor, Ricardo Lewandowski.

“Se o relator [ministro Joaquim Barbosa] agregar algo ao terceiro item, a palavra ainda continua com ele. Se ele disser que o terceiro item da denúncia está exaurido, aí quem fala imediatamente é o revisor”, disse, depois de homenagem que recebeu no encerramento do 1º Congresso Internacional do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União, no Rio de Janeiro.

Ayres Britto explicou que o julgamento da Ação Penal 470 será feito por núcleos temáticos: operacional, financeiro e político. O método de fatiamento foi proposto anteontem (16) pelo relator do processo, ministro Joaquim Barbosa. “Isso significa segmentar. Pega o voto e parcela. Não faz um voto de ponta a ponta e, sim, por núcleos. O ministro-relator seguiu a metodologia da denúncia [feita pelo Ministério Público Federal]. Toda ela [a denúncia] é segmentada por núcleos temáticos, núcleos de acusação. Ele separou esses diversos núcleos para fazer sua votação”, explicou, sobre a forma de votação que os ministros do STF vão seguir para definir se os 37 réus do processo serão condenados ou não.

O presidente do Supremo disse não ser possível determinar se essa metodologia poderia estender o prazo do julgamento. “Não sei. Isso é meio incógnito, se vai estender ou não. E, ao que eu soube, o ministro [Ricardo] Lewandowski anunciou que se adaptaria a essa metodologia do fatiamento na hora da votação.” O revisor havia proposto que a votação fosse única, com os ministros proferindo o voto para todos os réus de uma vez só.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Mansueto: mesmo com reforma, governo não retomará investimentos por 3 ou 4 anos

Goleiro do Flu é flagrado em antidoping por suspeita de uso de cocaína
FUTEBOL 2019

Goleiro do Flu é flagrado em antidoping por suspeita de uso de cocaína

Hoje nós somos reféns da Santa Casa, diz vereador Lívio
Paralisação

Hoje nós somos reféns da Santa Casa, diz vereador Lívio

BRASIL

Brasil e Reino Unido vão ter cooperação em saúde pública

Mais Lidas