Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Voo sumido: dono de passaporte roubado se apresenta à polícia

9 MAR 14 - 13h:00terra

O italiano Luigi Maraldi, cujo passaporte roubado foi usado por um passageiro que embarcou no vôo da Malaysia Airlines, esteve na delegacia de polícia na província de Phuket, no sul da Tailândia, neste domingo. Em entrevista coletiva, Maraldi mostrou seu passaporte atual, que substituiu o roubado, e disse que ficou surpreso ao saber que alguém teria usado o seu antigo documento.

No sábado, 8, autoridades europeias confirmaram os nomes e as nacionalidades dos supostos donos dos dois passaportes roubados que foram usados no voo MH370, que fazia o trajeto de Kuala Lumpur-Pequim. Um dos documentos teria sido emitido pelo italiano, e o outro pelo austríaco Christian Kozel. A polícia da Tailândia informou que o passaporte de Maraldi foi roubado na ilha de Phuket em julho do ano passado.

Uma operadora de telefone do escritório da empresa aérea KLM, na China, confirmou hoje que os supostos "Maraldi" e "Kozel" teriam reservas para deixar Pequim, em um voo da KLM para Amsterdã em 8 de março. De lá, "Maraldi" voaria para Copenhague, na Dinamarca, e "Kozel" para Frankfurt, na Alemanha.

A operadora acrescentou que, como os dois teriam feito as reservas através da China Southern Airlines, ela não tinha informações sobre onde teriam feito a compra.

A Interpol confirmou que pelo menos dois passaportes roubados utilizados pelos passageiros do avião foram registrados em seus bancos de dados, mas acrescentou que a maioria das companhias aéreas e os países não costumam verificar a existência de passaportes roubados.

Tony Blinken, conselheiro adjunto de Segurança Nacional da Casa Branca, disse neste domingo que os EUA estavam investigando os passaportes roubados, mas que os investigadores ainda não tinham chegado a nenhuma conclusão. Blinken afirmou que é prematuro especular se os passageiros que utilizaram os passaportes roubados teriam tido algum papel no incidente.

A questão do uso de documentos roubados por passageiros a bordo do voo fortaleceram suspeitas de terrorismo como possível causa do desaparecimento. Militantes da Al-Qaeda tem usado táticas similares para tentar disfarçar as suas identidades.

Com informações da AP. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Caixa financiará agricultura em Mato Grosso do Sul
AGRO

Caixa financiará agricultura em Mato Grosso do Sul

Investimentos em saneamento básico chegarão a R$400 milhões no Estado
CONTRATO MILIONÁRIO

Investimentos em saneamento básico chegarão a R$400 milhões no Estado

DIFAMAÇÃO E INJÚRIA

Desembargador suspende ação
contra Haddad movida por Edir Macedo

Corumbá completa 241 anos <br> com show de Michel Teló
CIDADE BRANCA

Corumbá completa 241 anos
com show de Michel Teló

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião