Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

PREMIO

Volkswagen é a montadora de maior prestígio do País segundo a 'Época NEGÓCIOS 100'

12 DEZ 2010Por DA REDAÇÃO10h:21

A Volkswagen do Brasil conquistou, pela segunda vez consecutiva, o primeiro lugar da categoria “Veículos” do ranking “As 100 Empresas de Maior Prestígio no Brasil”, do anuário “Época NEGÓCIOS 100”. Além disso, assim como em 2009, a empresa foi a única montadora a aparecer entre as ‘top ten’ do ranking geral, que analisa 237 marcas de 30 setores.
Os vencedores foram revelados na noite de ontem durante o evento de lançamento da edição especial da revista no MuBE (Museu Brasileiro da Escultura), em São Paulo. O prêmio foi recebido pelo vice-presidente Finanças e Estratégia Corporativa da Volkswagen do Brasil, Carsten Isensee, que dividiu a conquista com os cerca de 23 mil funcionários da empresa, “fundamentais na produção de veículos nos quais os brasileiros confiam”.
No evento de ontem foram homenageadas as dez primeiras do ranking das 100 empresas de maior prestígio, no qual a Volkswagen aparece em quinto lugar, mesma posição conquistada na segunda edição do anuário. Para a elaboração do ranking, leva-se em conta a visão geral do consumidor sobre a marca, independentemente de seu setor de atuação.
“Os prêmios mostram que a Volkswagen vem conquistando cada vez mais a confiança do consumidor. O fato de ser a única montadora entre as ‘top 10’ também revela a força da marca, que consegue aliar tradição e inovação. Ao mesmo tempo em que se identifica com a marca Volkswagen, o consumidor reconhece a atuação social da empresa e a qualidade de nossos produtos”, diz o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.
A pesquisa e o consequente ranking são elaborados pela Editora Globo em parceria com a consultoria de gestão de marcas Grupo Troiano de Branding. No total, 237 marcas foram avaliadas por 15 mil brasileiros, sendo homens e mulheres, de 16 a 64 anos, de diferentes regiões do País. Para selecionar as empresas vencedoras foi utilizada a metodologia de cálculo do índice de Reputação de Marcas Corporativas (RMC) com base em seis critérios: admiração, compromisso social e ambiental, confiança e ética, história e evolução da empresa, postura inovadora e qualidade de produtos e serviços.
“Numa época de supertransparência, na qual consumidores vigilantes olham muito além dos produtos, nosso ranking funciona como um termômetro para as empresas avaliarem a solidez de seu maior ativo: a marca corporativa”, diz Nelson Blecher, diretor do Grupo Negócios da Editora Globo.

Leia Também