Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Volante santista não comparecerá a julgamento no México

5 JAN 2009Por 12h:00
     

 

 

Acusado de doping, o volante santista Rodrigo Souto não deve comparecer ao julgamento da Corte Arbitral do Esporte (CAS), que acontece no próximo dia 13, no México. Na partida entre Santos e San José, no dia 19 de março do ano passado, pela Libertadores, o atleta foi flagrado no exame antidoping, que acusou uma substância presente na cocaína.

 

Inicialmente, Rodrigo Souto havia sido suspenso por dois anos pelo caso. No entanto, o departamento jurídico do Santos conseguiu apontar uma ilegalidade no processo que puniria o atleta. Na ocasião, os advogados do Peixe alegaram que o laboratório utilizado para a coleta da urina do jogador não era credenciado pela Conmebol. Em seus depoimentos, o volante também negou ter consumido qualquer substância proibida, colocando em xeque a autenticidade do exame.

 

Caso seja considerado culpado, Rodrigo Souto será suspenso por dois anos das competições organizadas pela Conmebol. Nesta quarta-feira, o atleta se reapresentará com o restante do elenco ao técnico Márcio Fernandes, no CT Rei Pelé.

 

Com informações do G1

Leia Também