Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

JARDIM MANSUR

Vizinho policial mata assaltante e salva mulher de roubo

Vizinho policial mata assaltante e salva mulher de roubo
11/04/2011 08:32 - EVELIN ARAUJO


Um policial da Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe) salvou a vizinha, J. A. R. F., de 46 anos, de um assalto nesta manhã, por volta das 6h20min, no Jardim Mansur, em Campo Grande. Ele  matou um dos três assaltantes, que estava armado e invadiu a casa da vizinha. Um menor de 15 anos foi apreendido e um homem é procurado pela polícia.

Uma amiga de J.A.R.F., A. C., chegou hoje de manhã de Rochedo (MS) trazendo alguns objetos de uma chácara para amiga. Na calçada estavam Wesley Vitorino dos Santos, de 19 anos, um adolescente e um homem ainda não identificado. Eles se apresentaram à A.C.  dizendo que iriam cortar a grama da casa da mulher, que viu a movimentação de dentro da residência e avisou a amiga que não tinha contratado ninguém. 

A.C. entou em casa e a amiga pediu para que ela fechasse a porta. Os três avançaram em direção ao portão e as duas mulheres tentaram impedir. Elas entraram em casa ao perceber que não conseguiriam impedir o assalto e se trancaram no banheiro. Os três arrombaram a porta da cozinha, nos fundos da casa, e entraram.

Eles reviraram a casa de J.A.R.F. e ameaçaram ela e a amiga pela janela do banheiro, pedindo os celulares. J.A.R.F. ligou no celular do vizinho, um policial da Cigcoe, que foi socorrê-las. Ela avisou aos assaltantes que tinha chamado a polícia e então o adolescente e o outro homem fugiram pelos fundos e Wesley, pela frente.

O policial atirou no tórax do rapaz, que morreu no local. Foram encontrados com o rapaz um revólver calibre 32 e uma faca, além das chaves da casa assaltada. A polícia conseguiu apreender o adolescente e está à procura do outro envolvido. Estiveram envolvidos na operação policiais militares e da Cigcoe. 

Felpuda


As definições no que se relaciona aos nomes para a disputa eleitoral vêm ocorrendo aqui e acolá. Pré-candidato que sonha comandar cidade o interior poderá deixar de ver o seu sonho realizado. É que o dito-cujo terá de enfrentar as lembranças de rumoroso caso que se tornou escândalo depois da denúncia de uma servidora. Há quem garanta que é só a campanha começar para a história ser contada capítulo por capítulo. Afe!