Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORUMBÁ

Vizinho escuta barulho e ladrões acabam presos

11 JAN 14 - 10h:00DA REDAÇÃO

Fernando Marques Fontes, 25 anos, e Edinaldo Canavarro Benevides, 28, foram presos às 5h de hoje (11), depois de invadirem uma casa na Rua Ladário, entre as ruas Delamare e 13 de Junho, em Corumbá (MS). A dupla entrou no imóvel, que estava vazio – os moradores estão viajando –  após arrombarem a porta da frente. Por causa do estrago, colocaram o sofá para manter a porta fechada e não levantar suspeitas.

Um vizinho estranhou o barulho, sabia que os moradores estavam viajando, e chamou a Polícia Militar. A equipe encontrou a casa completamente revirada e pegou a dupla dentro do quarto à procura de joias e dinheiro. Se não achassem, levariam "o que desse”, segundo disseram à Polícia Civil. O delegado Enilton Zalla informou que a dupla escolhia o horário do meio da madrugada para os furtos porque, segundo eles, "nesse período o sono é mais pesado” e a vizinhança dificilmente ouviria algo. 

Fernando está cumprindo pena em regime aberto e Edinaldo havia sido colocado em liberdade há aproximadamente um mês e meio, vindo do regime semiaberto. Com a dupla, os policiais militares ainda apreenderam uma faca e um pé de cabra. Ambos estão nas celas do 1º DP à disposição da Justiça.

(Com informações do Diário Corumbaense)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANDRÉ DO RAP

Suspeito de comandar tráfico internacional do PCC é preso em Angra

Ocorrência de incêndios no Estado cresceu 45% em 2019
MAIS DE 4,9 MIL

Ocorrência de incêndios no Estado cresceu 45% em 2019

Homem tenta apagar incêndio e tem 50% do corpo queimado
TERENOS

Homem tenta apagar incêndio e tem 50% do corpo queimado

Traficantes de papagaio estão na mira da PMA e Ibama
OPERAÇÃO BOCAIÚVA I

Traficantes de papagaio estão na mira da PMA e Ibama

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião