sexta, 20 de julho de 2018

SAMSUNG

Vivo inicia as vendas de tablet em MS

8 DEZ 2010Por Da Redação00h:01

Com a experiência de quem é líder na comercialização de smartphones no Brasil, com 47% das vendas no segmento pós-pago, segundo pesquisa da Nielsen (agosto/2010), a Vivo inicia nesta quarta-feira, em Campo Grande, as vendas do primeiro tablet lançado no mercado brasileiro: o Samsung Galaxy Tab. O lançamento será hoje no Shopping Campo Grande, às 19h, com demonstração do aparelho e início das vendas. O Samsung Galaxy Tab chega à loja com ofertas que variam de R$ 599 a R$ 2.299. Na contratação do Plano Vivo Você 100 com 4 Gigabytes de dados, o modelo sai por R$ 1.299.

A operadora aposta no novo segmento com base na própria demanda de seus clientes: no terceiro trimestre deste ano a Vivo registrou aumento de 92,3% nas receitas de internet móvel, se comparada ao mesmo período de 2009. Além disso, na análise ano a ano, a companhia apresentou crescimento de 112% em sua base de clientes em planos 3G.

Para Hugo Janeba, vice-presidente de Marketing e Inovação da Vivo, “os números reforçam não só a missão da operadora de criar condições para que o maior número de pessoas possa se conectar, como também o compromisso da empresa com a busca constante pela inovação, de forma a proporcionar a melhor experiência a seus mais de 57 milhões de clientes”.

O Galaxy Tab é compatível com a tecnologia de Terceira Geração, a qual a Vivo é líder em cobertura com 1.047 municípios atendidos. Até o final de 2011 serão 2.832 municípios cobertos com o sinal 3G em todo o Brasil. Segundo os indicadores da Anatel, a Vivo apresenta o melhor desempenho em qualidade de rede, com média acumulada de 99,9% no ano de 2010. A rede atual da operadora cobre mais de 3.600 cidades com tecnologias GSM/EDGE e Terceira Geração.

O aparelho une a mobilidade e praticidade de um netbook à conectividade de voz de um celular. Com a mais nova versão do sistema operacional Android Froyo 2.2 desenvolvido pela Google, o tablet possui design fino e é super leve – pesa apenas 390 gramas. Será comercializado pela Vivo com capa protetora, fone de ouvido Bluetooth e cabo USB.

Com o dispositivo, o consumidor terá em mãos um novo mundo de possibilidades: navegação na internet, leitura de jornais, revistas ou livros em uma tela touch screen de 7.0 polegadas, TV digital e analógica, video chamada, câmera fotográfica, conexão de voz e dados por meio da melhor e maior cobertura 3G do pais.

Objeto de desejo

Se 2009 foi o ano dos netbooks, 2010/2011 será dos tablets. O segmento ganha cada vez mais representatividade no mercado mundial. Segundo o vice-presidente de Operações da Vivo, Paulo Cesar Teixeira, este novo conceito de computador pessoal traz uma forte experiência em termos de mobilidade e navegação. Por isso, existe o otimismo em relação às perspectivas de venda deste produto no final de ano. “É provável que o tablet se transforme em objeto de desejo do consumidor brasileiro”, diz Paulo Cesar Teixeira. “Acredito que produtos como o Galaxy Tab chamarão muito a atenção neste Natal”, completa o vice-presidente de Operações da Vivo.

De acordo com estudo recente divulgado pelo Instituto Gartner, o número de tablets deverá mais que dobrar no próximo ano, atingindo 54,8 milhões de unidades contra 19,5 milhões de aparelhos em 2010. Já para 2012, o instituto prevê que deverão ser colocados no mercado mundial mais de 100 milhões de tablets. Além do Galaxy Tab, a Vivo irá comercializar, em breve, outros produtos dentro deste novo segmento de mercado.

Leia Também