sexta, 20 de julho de 2018

Vitória leva susto, mas acaba vencendo

18 OUT 2009Por 22h:00
     

        Da redação

        O Vitória tomou um susto, mas no fim conseguiu vencer no Campeonato Brasileiro. Depois de uma derrota e dois empates, a torcida do rubro-negro baiano fez festa com a virada por 3 a 1 sobre o Náutico. Leandrão, que saiu do banco de reservas, foi o destaque da partida com dois gols.

        O resultado muda pouco a situação do Vitória na tabela. Mas como são os times do meio da tabela que mais tem pontuado, o time baiano volta a ficar próximo do G-4. Com 44 pontos e agora na nona colocação, o Vitória aproveitou os tropeços dos times de cima da tabela para ficar a cinco pontos da zona de classificação para a Copa Libertadores.

        Já o Náutico perdeu a chance de escapar da zona de rebaixamento e aproveitar que Botafogo e Santo André perderam na rodada. O time pernambucano não conseguiu segurar o resultado de 1 a 0, obtido aos 2min do segundo tempo com Bruno Mineiro e permanece em 18º, com 29 pontos.

        Mas o triunfo do Vitória teve requintes de crueldade. No primeiro tempo, teve chance de sair na frente, com Roger. Mas o atacante e artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro, com 13 gols, desperdiçou a cobrança. No segundo tempo, logo no início, o Náutico ficou na frente do placar.

        Mas Vágner Mancini resolveu mexer e conseguiu mudar a cara da equipe e consequentemente do jogo. Afinal de contas, seus reservas participaram dos três gols que deram os três pontos para o vitória.

        O primeiro a entrar foi Leandrão, no lugar do vaiado Roger. Se o artilheiro da equipe perdeu a oportunidade, seu substituto mostrou oportunismo logo com quatro minutos em campo. Aos 17, ele aproveitou cruzamento de Nino e de cabeça fez o gol de empate.

        O bom momento de Leandrão se confirmou aos 36min quando Jackson, que acabara de entrar serviu o para o atacante dar um toque e desviar do goleiro Gledson.

        No último gol, já nos acréscimos, Neto Berola, que também saiu do banco, deu passe para Jackson chutar entre as pernas do arqueiro pernambucano e encerrar a contagem no Barradão. (informações do Terra)

Leia Também