Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Vitor Belfort minimiza risco no MMA

29 DEZ 2013Por FOLHAPRESS22h:00

 O brasileiro Vitor Belfort defendeu o MMA (artes marciais mistas) após o brasileiro Anderson Silva fraturar a perna esquerda em combate contra o americano Chris Weidman, realizado na madrugada de hoje, no hotel-cassino MGM Grand Garden, em Las Vegas, nos EUA.

"No futebol e no futebol americano também há lesões", argumentou Belfort, o próximo desafiante de Weidman, que manteve o cinturão dos médios.

"O animal mais perigoso da selva é o leão, porque ele é imprevisível. Essa [imprevisibilidade] é a forma de vencer o Weidman", declarou Belfort sobre o próximo adversário. 

"A luta pode acontecer em qualquer lugar. O octógono é minha selva, e ela pode ir para qualquer país. Tenho fãs em todos os lugares", completou.
 

Leia Também