terça, 17 de julho de 2018

Vigilantes da segurança privada paralisam à zero hora

16 ABR 2009Por 08h:53
     

 

 

Cerca de 10 mil agentes patrimoniais que fazem a segurança privada e transporte de valores em Campo Grande e mais 37 municípios do Estado, anunciam uma paralisação à meia-noite de hoje.

A paralisação anunciada pelo SEESVIG (Sindicato dos Empregados em Empresas de Segurança e Vigilância de Transporte de Valores de Campo Grande e Região) foi definida em assembléia votada ontem (15) e será por tempo indeterminado.

A categoria reivindica 18% de reajuste salarial, ticket de alimentação e adicional de risco de vida.

Leia Também