Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Pesquisa

Videogame ajuda a diminuir pesadelos de soldados

13 MAR 11 - 00h:59Revista Galileu

Um dos argumentos contra os videogames é que alguns jogos podem nos deixar imunes e insensíveis à violência. De acordo com críticos, a pancadaria na tela poderia tornar a violência real mais aceitável em outros aspectos da vida dos jogadores.

O que seria uma característica negativa, no entanto, pode ajudar soldados que tiveram experiencias reais de batalha a dormirem melhor. De acordo com um novo estudo, 98 militares que jogavam regularmente games de guerra diminuíram os níveis de agressividade de seus pesadelos sobre os combates.

Os soldados que não jogavam videogame disseram ter mais sonhos violentos combinados a um sentimento de desamparo, segundo Jayne Gackencach, pesquisadora da Universidade Grant MacEwan, no Canadá. Para não contaminar os resultados do estudo, foram eliminados os militares com diagnóstico de doenças mentais.

Os soldados estudados foram divididos em dois grupos. O primeiro era formado por pessoas que jogavam com frequência quase diária games de combate mais imersivos como Call of Duty, World of Warcraft e Red Dead Redemption. O segundo grupo era formado por militares que raramente usavam o videogame e que costumavam jogar games mais casuais.

Os resultados mostraram que os jogadores assíduos tiveram pesadelos menos intensos sobre guerra e disseram que geralmente eram capazes de lutar contra as ameaças no sonho. Já aqueles que não têm costume de jogar, disseram passar por mais pesadelos com sentimento de agressividade e impotência.

A pesquisa ainda deve levar algum tempo para apresentar resultados mais consistentes. Mas a cientista responsável trabalha com a hipótese de que jogar games violentos serve como uma espécie de simulador de ameaças enquanto acordado. E isso poderia ajudar a condicionar a mente dos soldados para suportar situações intensas e perigosas nos pesadelos.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ministro Marco Aurélio vota contra prisão após condenação em 2ª instância
STF

Ministro Marco Aurélio vota contra prisão após condenação em 2ª instância

Delegacia da PF em shopping fecha na segunda-feira por conta de feriado
FERIADO

Delegacia da PF em shopping fecha na segunda-feira por conta de feriado

Comissão que estuda reforma dos militares suspende sessão para buscar acordo
PREVIDÊNCIA

Comissão que estuda reforma dos militares suspende sessão para buscar acordo

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação
FELIZ ANIVERSÁRIO

Chapadão do Sul comemora hoje 32 anos de emancipação

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião