Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Vida de escoteiro

19 ABR 10 - 07h:22
Vítima de um grave câncer, o vice-presidente José de Alencar afirmou, em entrevista para o jornal “O Globo”, que “o escoteiro sorri na desventura” e que “ser escoteiro é algo para a vida inteira”. Assim como ele, Rogério Vieira de Lima, chefe do Grupo Escoteiro Padre Heitor Castoldi, acredita que o escotismo é algo que acompanha os participantes para sempre.
Ele entrou para a instituição aos 7 anos, como lobinho, e hoje, aos 34, afirma que o escotismo sempre teve grande peso em suas decisões pessoais. “Trabalho com Gestão Ambiental e fiz minha faculdade graças à atuação como escoteiro. Não havia vestibular, era necessário apenas ter alguma vivência relacionada ao cuidado com a natureza”, lembra.
Tendo participado de todos os ramos, Rogério explica que se mantém até hoje no escotismo por considerá-lo um hobby saudável e muito prazeroso. “É incrível ver os jovens crescendo e tornando-se pessoas conscientes e preocupadas com o próximo, com a sociedade e com o meio ambiente”, aponta.
Com uma trajetória um pouco diferente, Gianpaulo Estrazulas, chefe do Grupo Escoteiro Olavo Bilac, vê no escotismo uma grande possibilidade de transformar a juventude. “Estou aqui há cinco anos e vim por causa da minha filha. Queria que ela tivesse esse contato e acabei descobrindo como é importante esse trabalho”, finaliza o militar de 39 anos. (TA)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Panqueca americana de banana <br>é receita para qualquer hora
RÁPIDO E FÁCIL

Panqueca americana de banana é receita para qualquer hora

RENDA FAMILIAR

Informalidade e benefícios respondem por 40% da renda das famílias do País

Prefeitura de Barão de Cocais decreta feriado para treinar população
RISCO DE ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Prefeitura de Barão de Cocais decreta feriado para treinar população

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Os abusos do Ministério Público"

Mais Lidas