Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Vice-presidente da Colônia Paraguaia critica impeachment

23 JUN 12 - 00h:02Walter Gonçalves

O impeachment do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, aprovado ontem (22) pelo Senado do país vizinho, representa um retrocesso, na opinião do vice-presidente da Associação Colônia Paraguaia de Campo Grande, o advogado Albino Romero. Para ele, depois de tantas ditaduras pelas quais o país passou, o povo paraguaio reconquistou a democracia, e o impeachment agora, preocupa.

“A gente fica triste e preocupado, pois os paraguaios que estão aqui (Mato Grosso do Sul) têm familiares lá”, disse. Romero entende queo episódio traz insegurança e pode causar instabilidade, em um momento, segundo ele, em que o Paraguai está em “franco” de desenvolvimento.

Sobre o reflexo da saída de Lugo do poder, Romero disse que a situação no país tanto pode melhorar como pode piorar. Mas acrescentou que o povo paraguaio deverá superar mais esse trauma.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Olivia Garcia C. de Freitas: "Inexigibilidade do Cadastro Ambiental Rural"

Advogada

Felpuda

Funkeiro MC Sapão morre de pneumonia aos 40 anos
RIO DE JANEIRO

Funkeiro MC Sapão morre de pneumonia aos 40 anos

INVESTIMENTO CULTURA

Ancine suspende futuros repasses para o setor audiovisual

Este ano 4 filmes brasileiros foram indicados em Cannes

Mais Lidas