Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

AUSTRÁLIA

Vettel é pole no primeiro treino do ano

26 MAR 2011Por g113h:00

O campeão do ano passado mostrou, no primeiro treino classificatório de 2011, que não perdeu o apetite por poles. Após largar por dez vezes na posição de honra em 2010, Sebastian Vettel começou a nova temporada em grande forma. Com um tempo espetacular, 1m23s529, marcado na metade da superpole (Q3), o alemão da RBR assegurou a primeira posição do grid do GP da Austrália com uma folga de mais de sete décimos sobre Lewis Hamilton, da McLaren, o segundo.

O inglês, aliás, acabou com as chances de dobradinha da RBR, já que Mark Webber era o segundo até os momentos finais da sessão. Hamilton, entretanto, acertou uma bela volta e roubou o lugar do piloto australiano na primeira fila. O piloto local teve de se contentar com o terceiro posto, logo à frente de Jenson Button, companheiro de Lewis, o quarto colocado. A largada está marcada para as 3h (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo da Rede Globo.

A Ferrari, entretanto, decepcionou mais uma vez. Chegou como favorita, mas está lutando muito para que seu carro fique na pista. Com um modelo muito desequilibrado em Melbourrne, Fernando Alonso, bicampeão mundial, conseguiu apenas a quinta posição, mas ficou três postos à frente do companheiro Felipe Massa, o oitavo. O brasileiro cometeu um erro em sua última volta e rodou.


Em 17º, sem marcar tempo na segunda parte do treino (Q2), Rubens Barrichello também rodou e admitiu o erro. O brasileiro da Williams ficou atolado na caixa de brita e não conseguiu retornar para o traçado, o que encerrou seu treino. Ele disse que colocou uma roda do carro na grama.

- Coloquei uma roda na grama, pelo que vi no telão, e meu carro saiu de traseira. Erro meu, fiquei fora do treino. O ritmo de classificação estava bem mais alto do que a gente achou. Mas perdemos tempo com o problema de câmbio nesta manhã. Então você fica apressado - diz Barrichello.

Para completar, Rubinho ainda foi superado pelo companheiro Pastor Maldonado. O venezuelano larga duas posições à frente, em 15º.

Além disso, o retorno da regra dos 107% já fez sua primeira vítima: é a Hispania, que não conseguiu tempo para alinhar com Vitantonio Liuzzi e Narain Karthikeyan. Neste ano, qualquer piloto que não conseguir marcar um tempo dentro do limite de 107% da volta mais rápida da primeira parte do treino não poderá correr. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou que a equipe espanhola está fora do grid neste domingo.

Schumacher erra no fim do Q2

Michael Schumacher até teve chances de se colocar na superpole na parte final do Q2. O alemão da Mercedes, porém, cometeu um erro em sua primeira volta com o jogo de pneus macios e acabou não conseguindo o desempenho necessário para entrar entre os dez. Em 11º, o heptacampeão foi o primeiro dos eliminados e por apenas 89 milésimos.

Vettel foi o melhor também no Q2, com o melhor tempo do trecho: 1m24s090. Hamilton ficou 0s5 atrás, seguido por Webber, Button e Alonso. Massa garantiu sua posição na disputa pela pole position com mais facilidade que no Q1, após terminar com o nono tempo.

Com a presença das equipes menores, a grande dúvida na primeira parte do treino classificatório (Q1) era sobre quem se juntaria aos pilotos de Lotus, MVR e Hispania. E a briga foi travada por dois pilotos de equipes que estão entre as grandes. Nick Heidfeld, da Renault-Lotus, vinha com a 17ª posição, mas acabou superado por Felipe Massa no fim. Ele subiu para 11º e eliminou o alemão. Na frente, o esperado domínio da RBR, com Vettel em primeiro, mas seguido de perto por Hamilton, da McLaren.

Pior equipe da Fórmula 1, a Hispania teve um início de ano complicado. Além de não testar seu carro deste ano, o F111, a equipe espanhola pouco andou nos treinos livres. Na classificação, ela foi a primeira vítima do limite de 107% em relação ao melhor do Q1: Vitantonio Liuzzi e Narain Karthikeyan não devem correr neste domingo por terem ficado a mais de seis segundos do tempo marcado por Vettel.

Confira como ficou grid de largada para o GP da Austrália de 2011:

1 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m23s529
2 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m24s307
3 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m24s395
4 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1m24s779
5 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1m24s974
6 - Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) - 1m25s247
7 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1m25s421
8 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m25s599
9 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1m25s626
10 - Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1m27s066

Eliminados na segunda parte do treino classificatório:
11 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1m25s971
12 - Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) - 1m26s103
13 - Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) - 1m26s108
14 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 1m26s739
15 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) - 1m26s768
16 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1m31s407
17 - Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) - sem tempo

Eliminados na primeira parte do treino classificatório:
18 - Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) - 1m27s239
19 - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) - 1m29s254
20 - Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) - 1m29s342
21 - Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) - 1m29s858
22 - Jerome D'Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) - 1m30s822

Não se classificaram (acima dos 107% da pole - 1m31s266):
Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) - 1m32s878
Narain Karthikeyan (IND/Hispania-Cosworth) - 1m34s293
 

Leia Também