Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

NA LIDERANÇA

Vettel domina GP da Malásia e vence

10 ABR 2011Por ESTADÃO07h:10

O alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, confirmou o seu domínio do início da temporada 2011 da Fórmula 1 e venceu neste domingo, 10, o GP da Malásia, realizado no Circuito Internacional de Sepang. O atual campeão mundial já havia triunfado no GP da Austrália, em Melbourne, que abriu o campeonato. Pole position, Vettel dominou a corrida deste domingo e triunfou com tranquilidade, com uma vantagem de 3s2 para o inglês Jenson Button, da McLaren, que terminou na segunda colocação. O pódio foi completado pelo alemão Nick Heidfeld, da Renault.

Companheiro de Vettel na Red Bull, o australiano Mark Webber se recuperou de uma largada ruim, usando uma estratégia de quatro pit stops para faturar a quarta colocação, seguido pelo brasileiro Felipe Massa, da Ferrari. O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, e o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, bateram nas últimas voltas, o que os levaram a perder posições, completando a prova em sexto e sétimo lugar, respectivamente.

O japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, terminou o GP da Malásia em oitavo lugar, enquanto o alemão Michael Schumacher, da Mercedes, conseguiu uma ultrapassagem no final para tomar o nono lugar do escocês Paul da Resta, da Force India, que completou a prova na décima colocação.

A 12ª vitória da carreira de Vettel foi ainda mais impressionante por conta do mau funcionamento do Kers - sistema de recuperação de energia cinética - da Red Bull, o que o impediu de utilizar o recurso na maior parte da corrida na Malásia. Webber também teve problemas com o Kers na prova e caiu de terceiro para nono lugar na primeira volta. Já a Renault teve desempenho impressionante na largada, com Heidfeld subindo da sexta para a segunda colocação.

Com a chuva surpreendentemente não aparecendo, o GP da Malásia foi marcado pela tentativa dos pilotos de permanecerem o máximo de tempo possível com seus pneus. Com a estratégia correta, Button garantiu a segunda colocação. E nas voltas finais Heidfeld garantiu presença no pódio ao conter os ataques de Webber.

Um dos principais momentos do GP da Malásia foi a colisão entre os rivais Hamilton e Alonso, quando faltavam dez voltas para o final da corrida. Na tentativa de ultrapassagem, o espanhol quebrou a asa dianteira da sua Ferrari. Já o inglês teve o seu pneu direito dianteiro danificado. Alonso precisou ir aos boxes para colocar nova asa dianteira, enquanto Hamilton tentou permanecer na pista, mas foi facilmente ultrapassado por Heidfeld e Webber. Depois disso, o piloto inglês realizou um pit stop.

O brasileiro Rubens Barrichello não conseguiu completar o GP da Malásia. O piloto da Williams teve um pneu furado no início da corrida. Depois, abandonou a corrida na 25ª volta por conta de um problema hidráulico.

Com duas vitórias nas duas provas realizadas, Vettel lidera o Mundial de Pilotos com 50 pontos, seguido por Button, com 26, Hamilton, com 24, Webber, com 22, Alonso, com 20, e Massa, com 16. Já a Red Bull ocupa a primeira colocação do Mundial de Construtores com 72 pontos, à frente de McLaren, com 50, Ferrari, com 36, e Renault, com 34.

A terceira etapa da temporada 2011 da Fórmula 1 será disputada no dia 17 de abril. O GP da China, em Xangai, tem largada prevista para as 4 horas (de Brasília) de domingo.

Confira o resultado do GP da Malásia
1° Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), 56 voltas
2° Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), a 3s2
3° Nick Heidfeld (ALE/Renault), a 25s0
4° Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault), a 26s3
5° Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 36s9
6° Fernando Alonso (ESP/Ferrari), a 37s2
7° Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes), a 49s9
8° Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari), a 1min06s4
9° Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 1min24s8
10° Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes), a 1min31s5
11° Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes), a 1 volta
12° Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 1 volta
13° Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta
14° Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta
15° Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault), a 1 volta
16° Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth), a 2 voltas
17° Vitaly Petrov (RUS/Renault), a 4 voltas

Não completaram
Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania)
Jérome D''Ambrosio (BEL/Virgin)
Jarno Trulli (ITA/Lotus)
Sergio Pérez (MEX/Sauber)
Rubens Barrichello (BRA/Williams)
Narain Karthikeyan (IND/Hispania)
Pastor Maldonado (VEN/Williams)

Leia Também