Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Vettel domina com folga os primeiros treinos na Hungria

Vettel domina com folga os primeiros treinos na Hungria
31/07/2010 16:51 -


Budapeste, Hungria

Sebastian Vettel dominou os treinos livres no GP de Budapeste ontem. Depois de cravar o melhor tempo na primeira sessão, ele liderou também a segunda parte do dia da Fórmula 1, baixando ainda mais seu tempo. O destaque ficou com o crescimento da Ferrari: Alonso desbancou a dobradinha da Red Bull e ficou em segundo, com Massa em quarto lugar.
O alemão baixou oito centésimos em relação ao primeiro período de treinos desta sexta-feira e cravou 1min20s087, fechando um bom dia de treinos. Mark Webber, que havia terminado em segundo, também baixou sua marca, mas acabou com a terceira colocação.
Fernando Alonso terminou com o segundo melhor tempo, com 1min20s584. Já o brasileiro Felipe Massa pulou da 12ª colocação, na primeira sessão, para o quarto lugar, com 1min20s986. Alonso manteve a predominância na primeira vez que voltaram às pistas após a polêmica protagonizada no GP de Hockenheim, na Alemanha.
Massa liderava a prova e recebeu ordens da Ferrari para abrir passagem para Alonso, que venceu. O caso será julgado pela FIA. O russo Vitaly Petrov, da Renault, e o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, complementaram a lista dos primeiros colocados no Circuito de Budapeste.
Rubens Barrichello, que havia feito o quarto tempo, não evoluiu tanto quanto os rivais e terminou na discreta 12ª posição, com 1min21s844. Lucas Di Grassi, da VRT, e Bruno Senna, da Hispania, se mantiveram entre os últimos, com a 21ª e 22ª colocações, respectivamente.
O último treino livre para o GP da Hungria será realizado na manhã deste sábado, às 6 horas (de Brasília). Às 9 horas, terá início o treino qualificatório, para definir as posições para o grid de largada.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!