sábado, 21 de julho de 2018

Vetos de Lula ao Orçamento cortam metade dos investimentos federais no Estado

9 ABR 2008Por 12h:56
     

                        O contingenciamento realizado pelo Governo federal no Orçamento Geral da União,  por meio de vetos do presidente da República ao Plano Plurinanual 2008/2011.
                        deixou apavorado os deputados e senadores sul-mato-grossenses. Há casos em que os cortes chegam a 75% das emendas individuais.

                         

                        A União está cortando as emendas individuais do Ministério das Cidades, do Programa de Infra-Estrutura Urbana, em todo o país, que consiste em obras de asfaltamento e saneamento básico.

                         

                        Em Mato Grosso do Sul, o deputado federal Dagoberto (PDT) pode eficar sem 75% (R$ 6 milhões) dos R$ 8 milhões em emendas individuais que apresentou. A senadora Marisa Serrano (PSDB) ficará sem R$ 3,460 milhões. Tanto os parlamentares da base aliada como da oposição  serão prejudicados. A estimativa é de que os cortes cheguem a metade do orçamento destinado ao Estado.

                         

                        Hoje, às 15h (horário de Brasília), a Comissão de Orçamento vai estar discutindo com os coordenadores de bancadas estes cortes.

Leia Também